Poder

Prefeitura contesta denúncia no sistema de saúde de Barra do Corda

A Prefeitura Municipal de Barra do Corda, comandada por Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim (PV), encaminhou ao blog direito de resposta, em que ele contesta a denúncia de que a população de Barra do Corda vêm passando por um colapso no sistema de saúde da cidade.

Segundo informa, a Prefeitura comunica que houve um crescimento positivo no setor da saúde, no qual vários investimentos foram realizados em prol da população barra-cordense.

De acordo com a nota, os hospitais de Barra do Corda contam com auxílio de 16 médicos, 28 enfermeiros, 07 odontólogos, 06 fisioterapeutas entre outros. Com isso, são realizadas em torno de 120 consultas, diariamente no município. Leia abaixo o direito de resposta em que a Prefeitura de Barra do Corda contesta a denúncia:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Pec irá garantir provento integral a servidores aposentados por invalidez

O deputado Manoel Ribeiro (PTB) anunciou da tribuna da Assembleia, na sessão desta quarta-feira (21), que vai apresentar uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) alterando o artigo 22 da Constituição do Estado, que trata sobre o pagamento de proventos integrais aos servidores públicos estaduais aposentados por invalidez.

Segundo Manoel Ribeiro, o objetivo é adequar os direitos dos servidores públicos estaduais aos federais, uma vez que o Senado Federal aprovou terça-feira (20) a PEC 05/2012, que garante o pagamento de proventos integrais a servidores públicos aposentados por invalidez. “Não é justo que o servidor, no desempenho de sua função, quando aposentado por invalidez, tenha seu salário reduzido pela metade ou por 1/4 do que vinha recebendo”,argumentou.

De acordo com o deputado, a PEC aprovada pelo Senado estabelece um prazo de 180 dias para que as Assembleias Legislativas e as Câmaras Municipais façam a adequação, na Constituição Estadual e na Lei Orgânica, da situação dos seus servidores aos dos servidores públicos federais. “Vamos apresentar esta PEC estadual para que sejam corrigidas estas distorções, para que essa Casa possa dar ao servidores público estadual essa garantia”,esclareceu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Polícia Civil realiza operação para cumprir mandados de prisão

A Polícia Civil de Governador Nunes Freire, com o apoio da Polícia Militar dos municípios de Centro do Guilherme, Maranhãozinho, Zé Doca e Maracaçumé realizou, na segunda-feira (20), uma operação com o objetivo de dar cumprimento a 12 mandados de busca domiciliar e prisão temporária expedidos pela Comarca de Governador Nunes Freire.

A Operação denominada Alta Tensão” teve o objetivo de prender envolvidos em uma ação de vandalismo ocorrida no período de carnaval na cidade de Centro do Guilherme. Na ocasião, os acusados, segundo a polícia, roubaram o veículo de uma Concessionária que presta serviço para a Cemar e logo depois incendiarem o carro da empresa.

Durante as buscas foram presos, Simão Rodrigues de Castro, que é ex-presidente da Câmara dos Vereadores; Mário Luís Pereira da Costa; Adenilson Mendes da Silva; José Carvalho de Sousa; Raimundo da Conceição Ferreira; Antônio Fernando da Silva; Marcos Silva Macedo; Sebastião Soares Bezerra e Edilson Cunha Sousa.

Na residência de Sebastião Soares, a polícia encontrou dois revólveres calibre 38 com vinte munições; e de Mario Luiz Pereira, um rifle calibre 22.

De acordo com o delegado responsável pela operação, Ricardo Pinto Aração, a elucidação do ato de vandalismo foi possível a partir de filmagens feitas no local que apontou alguns dos envolvidos. Os outros foram presos com base nos depoimentos”, reforçou o delegado.

Após a prisão, eles foram levados para a Delegacia de Centro do Guilherme onde ficarão à disposição da Comarca de Governador Nunes Freire.

O delegado Ricardo ressaltou que eles responderão pelos crimes de dano qualificado, interrupção de serviço público, formação de quadrilha, além de ameaça. Sebastião Soares e Mario Luiz ainda serão autuados por porte ilegal de arma de fogo”, finalizou o delegado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeito implanta ditadura em Coelho Neto

Jornalista Franco Filho

Jornalista Franco Filho

O prefeito de Coelho Neto, Soliney de Sousa e Silva (PSD), vem desafiando as Leis e autoridades com truculências tentando implantar medo, tortura psicológica, ameaças demissões e transferências indevidamente de servidores concursados.

Na manhã desta quarta-feira, 21, Soliney voltou a agir de forma desleal. A vítima desta vez  foi o jornalista Franco Filho que apresenta o programa local na emissora Cidade Livre FM 87,9.

Segundo informou o jornalista, o gestor ficou furioso depois que o radialista não aceitou trabalhar como mandatário em outra emissora de rádio. No caso, ele teria que abandonar ao programa que atualmente faz  no município. Já Soliney teria transferido como forma de penalização para o Cemitério Itapirema.

Essa postura que hoje o prefeito de Coelho Neto adota, é classificada como perseguição política, no qual chega a ser comparado na época da ditadura.

(Com informações do Portal Coelho Neto)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Veja os aprovados no Edital para seleção de Bolsistas da Fapema

A Fundação de Amparo a Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) divulgou o resultado do edital para Seleção de Bolsistas para Ações Estratégicas da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp). Foram aprovados 38 candidatos ao cargo de técnico em agropecuária e cinco ao cargo de engenheiro agrônomo.

O edital oferecia 52 bolsas de nível médio (Bolsas Agerp-1), no valor de R$ 724,50, e cinco para profissionais de nível superior (Bolsas Agerp-2), no valor de R$ 1.532,60. Os profissionais aprovados no edital serão contemplados com bolsas por um período de dez meses, podendo ser o termo de outorga, renovado por mais 10 meses, a depender da disponibilidade orçamentária da Agerp, órgão ao qual estarão subordinados e onde desenvolverão todas as suas atividades.

Os bolsistas atuarão em conjunto com os técnicos da agência nos municípios dos seguintes Territórios da Cidadania: Alto  Turi  e  Gurupi,  Baixada  Ocidental, Baixo Parnaíba, Campos e Lagos, Cocais, Lençóis Munim, Médio Mearim e Vale do Itapecuru. A carga horária de trabalho será de 30 horas semanais.

Com a contratação desse profissionais o governo visa incrementar as ações da Agerp nos Territórios da Cidadania. Eles vão auxiliar no desenvolvimento de projetos, ações e programas,  por  meio  de  atividades  de laboratório, de campo e afins, como forma de construir novas tecnologias e solucionar problemas  concretos,  considerando  o  processo  de  trabalho  científico  e  tecnológico como  ferramenta  determinante  para  impactar  a  cadeia  produtiva  no  estado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

As moscas da corrupção invadem os hospitais públicos de Chapadinha

Do Chapadinha On-line, (Por Ernani Maia) 

A porta dos desesperados

Além de todos os fatos alarmantes na Secretaria de Saúde de Chapadinha, soube de algo degradante, que escancara ainda mais o descaso com a população nos hospitais.

No HCC (Hospital das Clínicas de Chapadinha), onde é prestada assistência às crianças e grávidas da região, o Centro Cirúrgico está sem uma porta. Fui conferir e tirei algumas fotos. 

Ao perceberem, fui convidado a retirar-me do hospital.

Há semanas esta porta caiu e ainda não foi consertada.

Esta é mais uma das situações precárias pelo qual passa nosso município. Quer dizer: Uma simples porta, mas de suma importância para um Centro Cirúrgico, para a Secretaria de Saúde é um entrave dos mais complicados pois não disponibiliza sequer o dinheiro para o pagamento de um marceneiro para o conserto.

Não é de se estranhar, haja vista que nem remédios são comprados para os pacientes.

As portas do Centro cirúrgico servem para impedir a contaminação durante as cirurgias que são realizadas, evitando assim as infecções cruzadas, ou seja, que o paciente que vá se operar não saia com outra doença da sala cirúrgica. 

A equipe cirúrgica teve que ser aumentada, pois além do cirurgião, anestesista, enfermeira instrumentadora e auxiliar de enfermagem, outro profissional tem que ficar ao lado da pessoa que está sendo operada espantando as moscas que agora entram sem cerimônia durante a cirurgia.

Algumas moscas já são conhecidas desse Centro Cirúrgico e já têm até nome próprio. Segundo os integrantes da equipe, existem duas muito espertas que sempre escapam das vassouradas. Carinhosamente nomeadas de Magmosca e Varenúbia, elas vivem sobrevoando felizes a pobre pessoa que têm suas entranhas expostas.

É inadmissível que em um ambiente que deve ser estéril, realizem-se cirurgias com moscas, que são insetos disseminadores de várias doenças, sobrevoando o paciente. Voltamos à Idade Média???

É realmente chocante o desprezo pela vida humana nesta administração. Desejo sorte às grávidas que infelizmente não podem operar-se em outro lugar. Espero que acertem estas moscas e que elas jamais sobrevoem Chapadinha novamente.

Ernani Maia é Cirurgião-Dentista


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Presidente do Incra não cumpre acordo e foge da reunião marcada com quilombolas

Zé Inácio

Zé Inácio

Um verdadeiro desrespeito com as centanas de famílias de quilombolas que neste momento estão na sede da regional do Incra no Maranhão aguardando a chegada no presidente do órgão que até o momento não compareceu a reunião marcada para manhã desta quarta-feira (21).

O superintendente regional do Incra no Maranhão, o petista José Inácio Sodré Rodrigues, que hoje comanda o órgão, firmou um pré-acordo com os representantes dos quilombolas para houvir as reais necessidades que hoje afeta o movimento. Só que simplesmente o Zé Inácio fugiu para não participar da reunião.

Em resposta pelo desrespeito de Zé Inácio, os quilombolas do Maranhão fecharam a Avenida do Incra no anil, no qual eles acusam o superintendente de descumprir o acordo firmado com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) que determinou a confecção de 54 relatórios Antropólogicos, essencial no processo de titulação das terras.

De acordo com informações, Inácio teria dito que só estava aguardando a abertura do orçamento e dos repasses do governo federal para dar início aos trabalhos.  Sem sucesso!

Entretanto, durante reunião dos quilombolas com o procurador da República descobriram que a determinação era de apenas nove relatórios.

Ao todo 70 comunidades vieram do interior do estado para cobrar explicações do pestista Zé Inácio.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Roseana Sarney fará empréstimo de R$ 2,3 bilhões no BNDES

Roseana Sarney

Roseana Sarney

Desta vez a governador do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), ultrapassou os limites da insanidade mental. Na tarde desta quarta-feira, 21, a governadora se reúne no Palácio dos Leões com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, onde irá solicitar ao Banco um empréstimo exorbitante de aproximadamente R$ 2,3 bilhões.

Segundo Roseana Sarney, o real motivo do empréstimo estrondoso é significativo para aplicar no programa que “combate à pobreza” no Estado do Maranhão. E também utilizar os devidos recursos na segurança, saneamento básico entre outros. Você acredita?

O que podemos classificar como loucura, ou insanidade mental por parte do governo, é a forma que se mostra um plano desqualificado, onde se quer tem procedentes que agregue as devidas responsabilidades do investimento.

Neste caso, o que podemos analisar é o fator principal de que, o governo Roseana Sarney hoje virou um verdadeiro balcão de solicitações indevidas que em um futuro próximo poderá acarretar grandes e sérios problemas nos cofres do Estado do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Caso Fernanda Lages: PF faz busca e apreensão em faculdade de Teresina

Fernanda Lages Veras Morta

Fernanda Lages Veras Morta

Agentes da Polícia Federal realizaram uma ação de busca e apreensão, na noite de ontem, na faculdade NovaUnesc, na Sudeste de Teresina.

Os policiais federais de posse de um mandado de busca e apreensão expedido pelo juiz da Primeira Vara do Júri de Teresina, Antônio Noleto, apreenderam o celular de um aluno da faculdade identificado apenas “Bruno”.

O blog apurou que o tal celular teria sido usado por Fernanda Lages e também por Nayra Veloso, a Nayrinha, na noite em que Fernanda Lages foi assassinada.

O CASO – A estudante de direito, Fernanda Lages (19 anos), foi encontrado morta no dia 25 de agosto do ano passado no complexo de obras da Avenida João XXIII, zona Leste de Teresina.

A morte de Fernanda Lages é um mistério no Piauí. A Polícia Civil passou dois meses investigando e concluiu o inquérito sem apontar nenhum criminoso.

A Polícia Federal então entrou no caso e está em fase de investigação para saber o que causou a morte da estudante.

(Com informações do Portal Meio Norte)

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

MPF move ações contra ex-prefeitos de Lago da Pedra e Altamira do Maranhão

Juntos, eles deixaram de comprovar quase 160 mil reais em verbas federais.

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) ofereceu ação criminal e de improbidade administrativa contra os ex-prefeitos Manoel Albino Lopes, de Altamira do Maranhão e Luiz Osmani Pimentel de Macedo, de Lago da Pedra. Segundo o MPF, juntos, eles deixaram de comprovar a aplicação de quase 160 mil reais em verbas federais.

Manoel Lopes deixou de prestar contas de mais de R$ 75 mil em verbas federais repassadas pelo Fundo Nacional da Educação (FNDE), em 2005 e 2008, para investimentos por meio do Programa de Apoio aos Sistemas de Ensino para Atendimento à Educação de Jovens e Adultos (Peja), Programa Nacional de Transporte Escolar (PNATE) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).
Luiz Osmani também se omitiu de prestar contas de R$ 80 mil em recursos públicos, que deveriam ser aplicados no Programa Esporte e Lazer na Cidade, em 2005. Mesmo notificado a prestar contas, o ex-gestor se omitiu até o prazo final para apresentação dos documentos, em outubro de 2007.

Para o procurador da República, Israel Gonçalves Santos Silva, “não há dúvida de que os ex-prefeitos de Altamira do Maranhão e Lago da Pedra, ao deixarem de prestar contas dos recursos provenientes da União, incidiram em ato de improbidade administrativa, uma vez que, compelidos a tal dever, nada fizeram”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.