Poder

Secretário Max Barros e ministro Gastão Vieira vistoriam Castelão

O Estádio Castelão poderá servir de apoio para a Copa do Mundo de 2014, como local de treino para seleções que vão participar da competição.

Max Barros ao lado do ministro do Turismo Gastão Vieira

Max Barros ao lado do ministro do Turismo Gastão Vieira

A proposta foi apresentada pelo secretário de Estado de Infraestrutura, Max Barros, ao ministro do Turismo, Gastão Vieira, durante vistoria às obras do estádio na manhã desta quarta-feira (4).Após a conclusão dos trabalhos, o Castelão ficará no mesmo nível dos grandes estádios brasileiros em termo de conforto e segurança.

“Convidamos o ministro para verificar as obras para que o estado do Maranhão possa fazer esse pleito, já que na época não foi possível fazer solicitação para São Luís ser sede da copa. Isso será muito bom para o nosso estado”, disse Max Barros. “Quando inaugurado o Castelão será um estádio todo modernizado e equipado para atender os padrões da FIFA e motivo de orgulho para os maranhenses”, complementou.    

O ministro Gastão Vieira disse que vai convidar o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, para conhecer o Castelão para que ele possa se unir ao esforço de trazer uma seleção que vai jogar em Fortaleza para ficarem São Luíse treinar no Estádio Castelão. “Vamos fazer o convite para que o ministro inclua uma vinda a São Luís quando for visitar os estádios de Manaus e de Fortaleza”, disse Gastão Vieira.  

Obras – As obras de reforma do estádio estão andando em ritmo acelerado e a previsão é que, em maio, a parte de engenharia esteja concluída. O término dos trabalhos está previsto para agosto e a entrega oficial para setembro, como parte das comemorações dos 400 anos de São Luís. “Com isso, o Maranhão tem condições de pleitear junto a FIFA que seleções fiquem sediadasem São Luís, fazendo os preparativos para a Copa do Mundo”, reforçou Max Barros.

No momento, segundo informou o secretário, são mais de 100 operários trabalhando na obra e até o final deste mês serão 300. “As novas cadeiras estão todas encomendadas, bem como o placar eletrônico. Os operários trabalham na limpeza das arquibancadas onde vão ser colocadas as cadeiras e na recuperação dos vestiários, que serão todos climatizados”, informou. 

No projeto de reforma e modernização, elaborado pela Sinfra, o novo Castelão terá sua capacidade de público reduzida de 72 mil para 40 mil lugares, para atender às exigências de segurança da FIFA e da legislação brasileira e garantindo mais conforto para a torcida. Antes, o espaço destinado a um torcedor era de30 cm, agora, ele deve ser de, no mínimo,45 cm.

O projeto de reforma inclui a recuperação de vias de acesso, instalação de catracas eletrônicas, de 22 câmeras para CFTV, adaptação total aos portadores de necessidades especiais (inclusive nos banheiros), instalação de 12 cabines de rádio e quatro cabines de TV, todas climatizadas; dois centros de imprensa, uma sala de entrevista coletiva e moderno sistema de iluminação – com instalação de 75 novos holofotes na marquise e 70 nas duas torres -, atendendo às necessidades de iluminação para favorecer as transmissões de TV.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Santa Quitéria abre 488 vagas

Cargos são de todos os níveis de escolaridade.

A Prefeitura de Santa Quitéria do Maranhão (MA) abriu concurso para 488 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. O salário varia de R$ 545,00 a R$ 4.000,00.

Os cargos de nível fundamental são de auxiliar de serviços diversos, agente de endemias, bombeiro hidráulico, eletricista, motorista e vigia.

Os cargos de nível médio são de agente administrativo, agente de vigilância sanitária, digitador, guarda municipal, professor de educação especial, professor de educação infantil, professor do 1º ao 5º ano, recepcionista, técnico em enfermagem, técnico em contabilidade e técnico em informática,

Os cargos de nível superior são de assistente social, coordenador e orientador pedagógico, educador físico, enfermeiro, farmacêutico, farmacêutico – bioquímico, fisioterapeuta, médico clínico, médico cardiologista, médico ginecologista, médico plantonista, médico ortopedista, médico veterinário, médico pediatra, nutricionista, odontólogo, técnico educacional – ação social, professor do 5º ao 9º ano nas disciplinas de língua portuguesa, língua inglesa, matemática, ciências, história, geografia, educação física e filosofia, psicólogo e procurador.

As inscrições poderão ser realizadas entre os dias 5 e 21 de janeiro pelo site www.fundacaojoaodovale.com.br. As taxas vão de R$ 25 a R$ 60.

A prova objetiva será no dia 12 de fevereiro, das 8h às 12h. (Do G1)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Acidente deixa professora ferida no Renascença

Thamia Tavares/O Estado On-line

Acidente aconteceu na tarde desta quarta-feira, no Renascença.

Acidente aconteceu na tarde desta quarta-feira, no Renascença.

Por imprudência, um acidente ocorrido Avenida Colares Moreira, por volta das 12h desta quarta-feira, 4, deixou a professora universitária, Benvinda Luiza de Carvalho, gravemente ferida.

Ao tentar fazer um retorno proibido, e avançado o sinal vermelho, o veículo conduzido por Benvinda, um Ford, colidiu contra uma caminhonete do modelo Hilux que transitava no sentido Calhau – São Francisco.

O carro da professora foi arrastado até o canteiro central da avenida, colidindo contra uma árvore e derrubando-a. Benvinda sofreu fraturas expostas na perna.

Condutor da caminhonete do modelo Hilux fugiu do local

Condutor da caminhonete do modelo Hilux fugiu do local

Um helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) que sobrevoava o local no momento do acidente, pousou no terreno da loja Armazém Paraíba, próximo ao local do fato, para prestar socorro à vítima, que ficou presa às ferragens do carro.

O condutor da Hilux não foi identificado e foi embora do local logo após o acidente. O documento do veículo estaria no nome de Sílvio Pereira de Sousa, mas não se sabe se era ele quem dirigia o veículo no momento do acidente.

A professora foi levada para o hospital por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Haitianos recebem cestas de alimentos no Acre

O Governo Federal, por intermédio da Conab, está ajudando as autoridades do Acre a resolverem o problema de alimentação dos imigrantes haitianos que chegaram ao estado nos últimos meses.

Na semana do Natal, foi feita a entrega da primeira remessa de cerca de 600 cestas de alimentos, contendo arroz, feijão, farinha de mandioca, óleo de soja, açúcar, flocos de milho, macarrão e leite em pó, liberadas pela superintendência regional da Companhia em Rondônia. A última parte dos alimentos, que estão sendo retirados pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do estado do Acre dos armazéns da estatal em Porto Velho, será entregue nos próximos dias.

A ação atende solicitação da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e os produtos pertencem aos estoques do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

2012: hora e vez de combater e denunciar o bullying

Por Milton Corrêa da Costa

Em 2011 inúmeros foram os casos de prática de bullyng registrados nos país. Alguns denunciados pela mídia. Outros sequer chegaram ao conhecimento dos meiois de comunicação social. No final de 2010, um brutal caso de bullyng ainda encontra-se bem vivo em nossas mentes. Um caso ocorrido na capital paulista quando um jovem teve o rosto desfigurado, com lâmpadas fluorescentes, pelo ataque de surpresa de um grupo de vândalos homofóbicos. A vítima fazia parte de um grupo de três jovens que simplesmente transitavam, durante a madrugada. por uma via pública. As câmeras de segurança mostraram o ato bárbaro e sobretudo covarde. A vítima teve politraumatismo no rosto e na cabeça. Dois dos agressores eram menores de idade, portanto inimputáveis perante a lei. O  único agressor maior de idade ( 19 anos) identificado e preso à época não se sabe se continua em tal situação de privação de liberdade. É mais razoável que já esteja em liberdade face à benevolência da lei penal brasileira que protege criminosos de toda a espécie. A homofobia, seguida de prática de bullying, é um crime de discriminação atentatório aos direitos humanos e precisa ser tipificado na lei penal e punido com o máximo rigor. 

O bullying é um termo inglês empregado para descrever todo tipo de comportamento agressivo, cruel, desumano, bestial, intencional e repetitivo, praticado por um indivíduo ou um grupo, cujas vítimas são os mais frágeis, sendo transformados em simples objetos de diversão e sadismo, explicam os psicopedagogos. Uma prática perigosa e comum que também ocorre em escolas e universidades maquiado com o nome de “trote de adaptação”. Quando uma gangue de jovens, skinheads, radicais homofóbicos ou alguns torcedores de futebol (bandidos arruaceiros) espancam ou matam pessoas indefesas, em menor número, também se dá uma prática de bullying.

Nas escolas e universidades geralmente o bullying ocorre em áreas com supervisão adulta mínima ou inexistente. São brincadeiras maldosas, intimidatórias, humilhantes e desumanas, as vezes chegando, além da tortura física, à tortura psicológica. O bullying, segundo estudiosos do tema, é responsável inclusive por índices consideráveis de suicídios e homicídios entre estudantes no Brasil. É uma prática abominável e inaceitável. De acordo com a médica psiquiatra Ana Beatriz Barbosa, autora do livro “Bullyng: Mentes Perigosas na Escolas”, tais atos de violência não apresentam motivações específicas ou justificáveis.
      
A realidade é que constantemente há notícias, no Brasil, de trotes bestiais em estabelecimentos  de ensino de fundamental, médio e terceiro graus, além de práticas de homofobia gerando graves sequelas nas vítimas. As consequências na vida de quem é alvo deste tratamento degradante são muitas. Tempos atrás se teve conhecimento de que estudantes da Universidade Estadual de São Paulo ( UNESP), durante os jogos oficiais. foi em outubro de 2010, organizaram um ataque de surpresa às universitárias obesas no que foi chamado de “rodeio das gordas”. Os estudantes se aproximavam das meninas, agarravam-nas e montavam em cima delas. Os “peões” tinham que permanecer em cima delas até oito segundos enquanto as vítimas se debatiam. O cúmulo da imbecilidade.

Tais práticas de sadismo e humilhação têm que ser, portanto, objeto de repúdio permanente de toda a sociedade. È preciso denunciar o bullying. No Estado do Rio de Janeiro, desde 2010, há uma lei que obriga à direção de escolas a fazerem o registro de casos de bullyng. Quanto mais cedo o problema for enfrentado, melhores os resultados futuros. Cabe à direção de colégios e universidades e representantes das minorias unir forças no sentido de buscar alternativas no combate ao bullying. Em primeiro de fevereiro próximo iniciam-se os períodos letivos. Olho vivo na prática dos trotes. Os pais também precisam fazer o monitoramento dos filhos possivelmente vítimas do bullyng.

Humilhações e sadismo são práticas abomináveis que ferem frontalmente os direitos humanos. Bullyng por si só ou homofobia seguida de bullying são práticas inaceitáveis sobre as quais toda a sociedade deve se insurgir e a justiça jamais tolerar, punindo-se, com rigor, os autores do constrangimento ilegal, da tortura e da agressão física e psicológica às minorias. Lugar de sádicos, covardes e torturadores é na cadeia. Ninguém pode ser por discriminado por raça, cor, credo, sexo, sexualidade, grau cultural ou condição social. Vivemos sob a égide de um estado democrático de direito onde o respeito ao próximo é um dever de todos. Que tipo de gerações, violentas e intolerantes, estamos criando?                                        

Milton Corrêa da Costa é coronel da reserva da PM do Rio de Janeiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

TCE e MP trabalham para demitir mais de 11 mil servidores da prefeitura de São Luís

Justiça pede demissão de mais de 11 mil serviços prestados.

Milhares de servidores públicos da Prefeitura Municipal de São Luís, na categoria de “serviços prestados”, que não ingressaram no serviço municipal através de concurso público, iniciam o ano de 2012 com uma péssima notícia.

Tramita no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ/MA), uma ação judicial direta que trata justamente do destino de mais de onze mil servidores municipal.

O mérito da causa, de um lado tem o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), e do outro a prefeitura de São Luís que trata justamente da demissão destes servidores expedida pelo TCE através de Medida Cautelar e posteriormente suspensa de forma liminar, ou seja, de maneira provisória pelo Tribunal de Justiça do Maranhão que deferiu o mandado de segurança interposto pela Procuradoria Geral do Município.

No Tribunal de Justiça o caso foi para a apreciação das Câmaras Cíveis Reunidas, cuja relatoria coube à atual presidente do Tribunal Regional Eleitoral desembargadora Anildes Cruz, que deferiu liminar em favor do município de São Luís, suspendendo a Medida Cautelar imposta pelo Tribunal de Contas do Estado.

A liminar concedida pela desembargadora Anildes Cruz, também suspendeu o fornecimento das senhas de acesso ao sistema de informática relacionado ao quadro de informações pessoal que o Ministério Público do Maranhão e o Tribunal de Contas pleiteavam.

Segundo dados divulgados pelo Ministério Público, a secretaria municipal de Administração (Semad) indica um total de 28.013 servidores lotados na prefeitura. Deste total, apenas um número inexpressivo de 11 mil servidores ocupam o cargo de “serviço prestado”. O que representa uma pequena parcela de 39% do quadro funcional do município de São Luís.

Portanto, o caso ainda não teve um veredito final, gerando um clima de tensão entre milhares de funcionários que não entendem ainda a má fé do Ministério Público e principalmente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que trabalham em conjunto na demissão de mais de onze mil servidores.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de São Luís encerra programação natalina com queimação de palhinha

A Prefeitura de São Luís, por iniciativa da Fundação Municipal de Cultura (Func) encerra a programação natalina na Praça Maria Aragão com a tradicional “Queimação de Palhinhas”. O evento acontece às 20h30, em comemoração ao Dia de Reis, celebrado no dia 6 de janeiro, sexta-feira.

Para fazer a ladainha, a Func convidou a rezadeira Dona Cinoca, do bairro de Fátima. Ela conduzirá o ritual de ladainha tradicional, acompanhada por cinco músicos da banda Luz Divina.

De acordo com as tradições, o processo de desmonte dos presépios de Natal é antecedido pela “Queimação de Palhinhas”, ritual religioso centenário realizado, principalmente no Maranhão e em algumas cidades de Portugal.

O rito retrata os reis magos em visita ao recém-nascido Jesus Cristo na manjedoura. Os fiéis vão desmontando os presépios e retirando as palhas de uma planta chamada murta, usadas para decorá-los. As plantas são colocadas em um fogareiro, produzindo um aroma agradável. Enquanto isso, são cantadas ladainhas em latim e um hino próprio
para a “queimação”. Os fiéis então fazem pedidos para o ano que está começando.

“Esta é uma solenidade tradicional de cunho religioso que completa o ciclo de rituais natalinos, iniciado com a montagem do Presépio em homenagem ao Menino Jesus. Será a primeira vez que encerraremos a programação natalina na ‘Maria Aragão’ com a queimação de palhinhas”, destaca o presidente da Func, Euclides Moreira Neto.

O presépio – Produzido pelo artista plástico João Ewerton, o presépio interativo esteve instalado na área verde da Praça Maria Aragão, desde o início de dezembro passado. Formado por mais de 80 peças artísticas, ele faz a representação clássica do nascimento do menino Jesus, com o próprio Jesus na manjedoura, Santa Maria, São José, os reis magos e de animais como ovelhas, camelos, dromedários e burro. São esculturas em madeira, cobertas em tecidos, algodão e com pinturas em detalhes.

Além do Presépio, a Cidade Natalina conta também com a Casa de Papai Noel, que conta com o bom velhinho presente no espaço para recepcionar os visitantes, tem 64 m² e decoração interna e externa de elementos tradicionais do Natal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Município de São Luís esclarece que Estado pediu na Justiça o parcelamento dos R$ 73 milhões

O procurador-geral do Município, Francisco Coelho Filho, esclareceu que está havendo uma divulgação errônea sobre a questão de que a Prefeitura de São Luís teria parcelado um débito de R$ 73 milhões e 500 mil com o Estado em 36 vezes.

Procutrador de São Luís

Procutrador de São Luís

De acordo com o procurador, por liminar, o próprio Estado do Maranhão interpôs uma Medida Cautelar Inominada Incidental, com pedido de liminar ( nº 27556/2011), relacionada à Ação Popular proposta pelo então deputado estadual Ricardo Murad, onde o Estado do Maranhão passou a celebrar com o Município de São Luís, figura como litisconsorte ativo, após a cassação do ex governador Jackson Kepler Lago.

Nessa Medida Cautelar Inominada, foi o próprio Estado que requereu a retenção mensal da importância referente ao repasse das parcelas pertencentes ao município de São Luís que dizem respeito à arrecadação do ICMS, até o montante do débito em questão, R$ 73 milhões e 500 mil reais, com o dever de informar mensalmente ao juízo o montante retido.

“A versão que está sendo divulgada, de que a Prefeitura teria pedido o parcelamento é inverídica. Pelo contrário, a ação do Estado data de 21 de junho de 2011 e foi distribuída em 22/06/2011, o que demonstra que ação do Estado foi anterior, inclusive, à atual CPI instalada na Assembléia Estadual do Maranhão”, explicou o procurador-geral.

Após a interposição dessa Ação Cautelar, o Município foi instado a se manifestar em 18/08/2011, através da juíza Maria José França Ribeiro, que não concedeu a liminar de imediato e determinou que o Município fosse ouvido. No dia 22/08/2011, o Município apresentou a sua contestação, demonstrando sua irresignação com a possibilidade de qualquer tipo de retenção.

Decisão de Megbel – Quando do retorno do titular da 4ª Vara da Fazenda Pública, Megbel Abdala, este remeteu os autos ao Ministério Público, que emitiu seu parecer. Dessa forma, o juiz decidiu pelo deferimento parcial da liminar pleiteada pelo Estado, reconhecendo o direito deste de reter o repasse das parcelas destinadas ao Município de São Luís até o valor de R$ 2 milhões por mês, em face dos princípios da proporcionalidade e da razoabilidade, até que fosse julgada a ação principal, de atingir o limite total pleiteado pelo próprio Estado do Maranhão de R$ 73 milhões e 500 mil.

“Sobre essa decisão da retenção mensal no valor de R$ 2 milhões, já foi feito o repasse aos cofres públicos do Estado do Maranhão. A segunda está sendo feita agora – conforme ofício do Banco do Brasil, que, em comunicado oficial ao juiz Megbel Abdala, comunica que já reteve a importância e já foi transferida para a conta pertencente ao Estado do Maranhão”, complementou o procurador-geral do Município.

Recurso da Prefeitura – Mesmo com a retenção da parcela a partir de decisão judicial, o procurador informa que a Prefeitura de São Luís entrou com recurso de Agravo de Instrumento para o Tribunal de Justiça do Maranhão, distribuído para a 4ª Câmara Cível, que coube à relatoria do desembargador Jaime Ferreira de Araújo, que, ao analisar a questão, manteve a decisão de primeiro grau proferida pelo juiz Megbel Abdala. A decisão foi publicada em 20/12/2011.

“As decisões que foram proferidas, ao contrário do que vem sendo divulgado por setores da imprensa, não beneficiaram o Município de São Luís, pois vieram atender ao pedido do próprio Estado. Repetimos a Ação Cautelar Incidental nº 27556/2011 pleiteou a retenção de forma parcelada até o limite de R$ 73 milhões e 500 mil, não havendo assim qualquer decisão a beneficiar o Município de São Luís”, afirmou o procurador.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

David Guetta agitará noite em São Luís

David Guetta, cujo nome real é David Pierre Guetta, é um francês nascido em Paris, em 1967.

Alessandra Castro com informações do WebArtigos

Dj David Guetta

Dj David Guetta

Desde o início, Guetta dava indícios de um grande envolvimento com o mundo das badalações, já que desde os 14 anos organizava festas em seu porão.

Característico pelo seu gênero de música house, o seu primeiro hit de sucesso foi em 2005 com o single “The Worls is Mine”. Além disso, diversos artistas já trabalharam com hits produzidos por este, como Chris Willis, Cozi Costi, Kelly Rowland, Akon, Will I Am, entre outros.

Em uma das suas parcerias de sucesso, David Guetta uniu-se ao grupo The Black Eyed Peas para produzir a canção “I Gotta a Feeling” do álbum “The E.N.D.”, cuja canção remixada também é encontrada no seu álbum recente “One Love”. Outras duas parcerias com a banda foi firmada com a versão remixada de “Boom Boom Pow”, que são “Boom Boom Gueta” e “Boom Boom Wow”.

O seu álbum de estréia “Just a Little More Love” foi um sucesso de vendas e contém músicas como “Just a Little More Love” e “Love Don?t Let Me Go”. Já o álbum seguinte foi lançado dois anos depois, em 2004, e chamava-se “Guetta Blaster”. O seu hit “The World is Mine” ficou várias semanas nas paradas americanas.

Serviço:

Show Internacional DJ David Guetta em São Luís

Turnê Nothing But The Beat – David Guetta

Dia 10 de Janeiro 2012

Onde: Multicenter Sebrae (área coberta) – São Luís – Maranhão

Horário: 19h

Preço de Ingressos:

Pista:  Meia: R$ 80,00  Inteira: R$ 160,00

Pista Premium:  Meia: R$ 130,00  Inteira: R$ 260,00

Maiores informações

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta, das 9h às 19h

E-mail: contato@chezmusicprod.com

HotSite: www.chezmusicprod.com

Telefones: (98) 3199.1010 ou (98) 8414.7438


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Matrícula será informatizada nas escolas estaduais no ano letivo de 2012

As matrículas para o ano letivo de 2012 serão informatizadas nas 1.151
escolas da rede estadual de ensino, com a implantação do Sistema Integrado de
Administração de Escolas Públicas (Siaep) em todas as Unidades Regionais da
Secretaria de Estado de Educação (Seduc). A informação foi divulgada, nesta
terça-feira (3), pelo secretárioadjunto
de Projetos Especiais, Almir Coelho, que representou o secretário João Bernardo
Bringel na abertura do encontro de gestores em São Luís, que teve como tema
“Matrícula 2012”.

Para a implantação do sistema, de acordo com Almir Coelho, a Seduc
firmou convênio com a Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e o Instituto
Superior de Educação Continuada (Isec), a fim de contemplar com esta ação os
217 municípios maranhenses.

O encontro de gestores, que aconteceu no Hotel Veleiros, teve como
objetivo mostrar com será feita a matrícula on line, bem como as inovações do
sistema. A matrícula on line terá o foco voltado para todos os alunos do ensino
regular e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da rede estadual de ensino.

O encontro, que contou com a presença de diversos secretários adjuntos
da Seduc e dos gestores e técnicos das URE’s, foi também um momento para
socializar as informações sobre o sistema e dirimir dúvidas dos gestores. Atualmente,
o sistema está implantado em sete regionais e, nas próximas semanas, será
ampliado para mais 12 regionais.

Durante esta fase, os técnicos da Superintendência de Informática farão
a capacitação dos técnicos dos núcleos das regionais para operacionalizar o
sistema. A medida visa garantir a matrícula dos alunos e o cumprimento do
calendário do ano letivo, com início previsto para o
dia 06 de fevereiro e término no dia 28 de dezembro.

Para a secretária adjunta de Ensino da Seduc, Graça
Tajra, o foco do encontro foi direcionado para que os gestores
aprofundassem seus conhecimentos sobre a operacionalidade do Siaep. Adiantou
que, a partir de segunda-feira, o sistema começará ser implantado em 12
regionais, de acordo com o calendário elaborado pela Seduc.

Graça Tarja explicou que o sistema facilitará o acesso à vida escolar
dos alunos a partir da matrícula e constará dados com diário de classe,
cadastro pessoal, nota das disciplinas, índice de freqüência escolar, entre
outras informações. Com os temas tratados, segundo ela, a Seduc fecha o ciclo
do sistema on line em todos os municípios.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.