Poder

Pré-candidaturas a prefeito de Timon

Blog do Ademar Sousa

Brincando de fazer política partidária, enganando a si próprio e ao povo como sempre de costume. É assim que se pode definir algumas pré-candidaturas a prefeito de Timon pelo grupo da base governista aliada à prefeita Socorro Waquim (PMDB) no período que antecede às eleições de 2012, que foram lançadas sem a menor consistência do ponto de vista eleitoral.

Como se observa, recuaram de suas pré-candidaturas “fogo de palha” a prefeito: Carlos Alberto Oliveira (PSL), Joaozinho da Farmácia (PHS), José Carlos Assunção (PP), Tuá (PMN) e Professora Fafá (PTN), dentre outros. Sendo que, continuam ainda pré-candidatos o vice-prefeito Edivar Ribeiro, o presidente da Câmara Municipal de Timon, Thales Waquim e o secretário Municipal de Meio Ambiente, Irmão William, todos pelo PMDB.

Nesse sentido, a prefeita Socorro Waquim vai optar por um dos nomes que será lançado pelo seu partido, no caso, o PMDB, alegando que existe uma determinação da Executiva Nacional do partido para que isso se concretize nos municípios, onde a administração é comandada pelo PMDB.

Agora, como vai ficar a questão da escolha do vice-prefeito na chapa do pré-candidato definido pelo PMDB, através de pesquisa de intenção de votos? Por exemplo, em pesquisas recentes, o vice-prefeito Edivar Ribeiro tem pontuado na frente alguns pontos percentuais em relação a Thales Waquim, sobrinho do deputado federal Professor Sétimo (PMDB), marido da prefeita Socorro Waquim. Então, diante disso, a cobra vai fumar nos próximos dois meses.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia Federal investiga Latino, Belo e jogadores

Após a Polícia Federal ter desarticulado um esquema de lavagem de dinheiro e compra de veículos importados seminovos contrabandeados, os cantores Belo e Latino se manifestaram através de nota assinada por seus advogados na tarde deste sábado (8).

Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo

Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo

Segundo Bruno Gomes, advogado de Latino, o músico “repudia qualquer insinuação sobre seu envolvimento ou participação em negócios de importação e comercialização de veículos”. Ele afirma ainda que Latino vai colaborar com as investigações e que o cantor era “apenas cliente, como tantos outros, que de boa-fé adquiriram veículos em uma loja bem estabelecida em local nobre da cidade do Rio de Janeiro”.

O advogado de Belo, Ivo Peralta, definiu como “absurda” a vinculação de seu cliente com o esquema e disse que o cantor recebeu da loja “toda a documentação de regularidade dos órgãos nacionais que fiscalizam e efetuam o cadastro de veículos”.

Assim como o advogado de Latino, Peralta afirma que Belo irá colaborar com as investigações e que o cantor não tinha conhecimento das irregularidades na importação e venda do automóvel.

Jogadores de futebol

A ligação de jogadores de futebol e cantores com o esquema de contrabando de carros importados foi revelada pelo iG. Além de Belo e Latino, a operação da Polícia Federal também atingiu os atletas Emerson, do Corinthians, Diguinho, do Fluminense, e Kleberson, do Atlético-PR.

Segundo a investigação da PF, a quadrilha era comandada pelo israelense Yoram El Al e pelo contraventor Haylton Escafura. Como as notas fiscais eram subfaturadas, os carros eram vendidos por valores até 30% abaixo dos preços de mercado.

Da Agência Estado


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

Veja publica trecho da biografia de Steve Jobs

Da coluna Cláudio Humberto

A revista Veja traz na edição que chega às brancas neste final de semana um capítulo inédito da biografia do ex-presidente do conselho de administração da Apple, Steve Jobs, que teve seu lançamento antecipado para 24 de outubro após sua morte. No trecho reproduzido pela revista, o jornalista americano Walter Isaacson, que também é autor da biografia de Albert Einstein, descreve a relação entre o executivo e o designer Jonathan Ive, chefe da equipe de design da companhia e responsável por produtos como iPod, iPad e iPhone. Ive – ou Jony, como era chamado – assumiu o comando da equipe em 1996, um ano antes do retorno de Jobs à Apple.

Ive conta no livro que pensava em deixar a empresa, já que a Apple tinha pouco apreço pelo design. Quando Jobs reassumiu seu posto, diz o trecho, realizou uma palestra que fez com que Ive resolvesse ficar. “Estávamos na mesma frequência. De repente entendi por que eu amava a empresa”, afirma no livro.

Segundo a biografia, Jobs respeitava Ive e achava que o designer fez “uma diferença imensa” na Apple e no mundo. Ive disse no livro que às vezes se ofendia com Jobs por ele ficar com muito crédito sobre os produtos. “Eu me sentava na plateia e ele falava daquilo como se fosse ideia sua. (…) dói quando ele assume a autoria de um dos meus designs”, contou Jony. Mesmo com a mágoa de artista, Ive reconhece a importância do papel de Jobs na companhia.
“As ideias que ocorrem a mim e a minha equipe seriam totalmente irrelevantes se Steve não estivesse aqui para nos empurrar, trabalhar conosco e derrubar a resistência a transformar nossas ideias em produtos”, disse no trecho do livro, segundo a Veja.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Secretário-adjunto mantém contrato milionário na prefeitura de Imperatriz

Secretário-djunto da SEMUS, Arnaldo Alencar

Secretário-djunto da SEMUS, Arnaldo Alencar

O portal WikiLeaks ITZ teve acesso a documentos que demonstram que o secretário adjunto da SEMUS, Arnaldo Alencar faz parte do quadro de sócios e administradores da empresa CEMIMP – Centro Especializado Materno Infantil de Imperatriz LTDA, agraciada com contratos milionários sem licitação com a Prefeitura Municipal de Imperatriz.

Este é o terceiro caso já demonstrado em que servidores de alto escalão se utilizam de situação privilegiada para abocanhar contratos com a Prefeitura.

Em relação a CEMIMP, o secretário adjunto Arnaldo de Alencar Costa e Silva, segundo apurado pelo portal, é sócio desde 24/05/2001, com 2.78% de participação no capital social da empresa. A empresa é fatiada com mais 35 sócios além de Arnaldo Alencar.

Além desta empresa, Arnaldo Alencar conseguiu logo no início do governo Madeira um emprego em cargo de Direção para sua filha Isabella Oliveira e Silva, em flagrante caso de nepotismo.

Com mais essa descoberta, observa-se que é regra no governo Madeira, agraciar empresas de aliados, sobretudo na área da saúde, setor do qual fazem parte o Prefeito Madeira e a Secretaria de Saúde e Primeira dama Conceição Madeira.

Enquanto não se define o quadro político de Imperatriz para as próximas eleições, não podemos contar com a apuração destes fatos pelos vereadores que hoje são aliados, e como tais, defendem apenas seus interesses particulares e partidários, deixando que o interesse público que deveria ser prioridade, fique em segundo plano.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Mega-Sena sorteia R$ 32 milhões neste sábado

Do G1

Apostas podem ser feitas até as 19h em qualquer lotérica do país.

A Caixa Econômica Federal (CEF) sorteia, neste sábado (10), as dezenas do concurso 1.326 da Mega-Sena, com prêmio que pode chegar a R$ 32 milhões. O sorteio será realizado às 20h (horário de Brasília), em Jaraguá do Sul (SC).

As apostas podem ser feitas até as 19h em qualquer uma das 11 mil lotéricas do país.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Henrique Meirelles se filia ao PSD

O Partido Social Democrático (PSD) anunciou nesta sexta-feira (7) a filiação do ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles ao partido, fundado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Henrique Meirelles

Henrique Meirelles

Em nota, o PSD afirmou que “a decisão [de Meirelles] foi saudada com entusiasmo pelos dirigentes do novo partido”. “Para o presidente nacional do PSD e prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, trata-se de “um grande reforço político e técnico, que vem se somar a lideranças importantes tanto no plano nacional quanto paulista”.

O secretário-geral do PSD, Saulo Queiróz, utilizou uma metáfora futebolística para falar de uma eventual candidatura de Meirelles à Prefeitura de São Paulo no próximo ano.

“Uma pessoa como o Meirelles, com farta experiência na economia e na política, é um craque”, disse. “Contratamos um craque e ele não vai ficar no banco vendo os jogos. Se o craque decide mudar de time na última hora, é porque está doido para entrar em campo”, afirmou.

Meirelles se filiou ao PSD no último dia estipulado pela Justiça Eleitoral para quem deseja disputar as eleições municipais no próximo ano.

( Com Informações do G1 )


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Retorno de Alberto Ferreira nas mãos de Nelma Sarney


Blog do Zeca Soares

Nelma Sarney desembargadora

Nelma Sarney desembargadora

Quem pensa que o presidente da Federação Maranhense de Futebol, Alberto Ferreira se deu por derrotado apos o seu afastamento do cargo pela Justiça está enganado.

Ontem, no último minuto da partida como gostamos de dizer nos jogos de futebol, o presidente da FMF, por meio de seu advogado José Ribamar Marques deu entrada no recurso contra a decisão do juiz Josemar Lopes Santos, às 18h2min.

O processo já foi distribuído e caiu nas mãos da desembargadora Nelma Sarney. A decisão do retorno ou não de Alberto Ferreira à Federação caberá a Nelma Sarney.

Não tenho conhecimento do teor do recurso que foi dado entrada pelo advogado de Alberto Ferreira, mas é claro que o presidente da FMF não quer mesmo deixar a “sua Federação” como tanto gosta de afirmar cair nas mãos de outros.

Vamos ver o que vai acontecer agora. A queda de Alberto Ferreira era um sonho que se transformou em realidade para quase que 100% da comunidade esportiva. A sua volta agora poderá se transformar num grande pesadelo para o futebol.

Como disse antes da decisão do juiz Josemar Lopes Santos, a bola agora está com Nelma Sarney. Ela é quem vai cobrar o pênalti agora. Se vai ser gol ou não só vamos saber nos próximos minutos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Denúncia do 'helicóptero do GTA' vira notícia nacional

A matéria do blog ganhou novamente repercussão nacional. O colunista de Brasilia “Cláudio Humberto“repercutiu as informações, baseado na denúncia divulgada nesta página (veja post abaixo), sobre o helicóptero da Polícia Militar do Maranhão de prefixo PP-MZR modelo esquilo, do Grupo Tático Aéreo (GTA), foi utilizado durante ensaio fotográfico sensual na praia de São Marcos, em São Luís no Maranhão:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bomba! Após passear com Sarney, helicóptero do GTA brinca de piruetas para book

Foi colocodo uma tarja branca na logo-marca do estúdio Francisco Oliveira

Foi colocodo uma tarja branca na logo-marca do estúdio Francisco Oliveira

Um helicóptero da Polícia Militar do Maranhão de prefixo PP-MZR modelo esquilo, do Grupo Tático Aéreo (GTA), foi utilizado durante ensaio fotográfico sensual na praia de São Marcos, em São Luís no Maranhão.

Em fotos de um book, é possível ver a jovem posando na praia com o helicóptero de prefixo PP-MZR ao fundo, que pertence a secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão, atualmente comandada por Aluísio Mendes, afilhado político do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Observe que não foi uma simples coincidência, a aeronave está postada em pelo menos três posições diferentes, onde aparece fazendo piruetas e manobras radicais. A aeronave tem por finalidade o combate ao crime organizado no estado, isso não impede que o crime ocorra.

O helicóptero do governo do Maranhão é utilizado ilegalmente para ensaio sensual

O material foi produzido pelo estúdio Francisco Oliveira que fica localizado em uma loja no Tropical Shopping no bairro renascença, em São Luís. A reportagem apurou que se trata de um book de 15 anos de uma jovem gaúcha de nome Vitória.

A lei de improbidade administrativa proíbe que veículos helicópteros e coisas públicas sejam utilizados para fins pessoais. No Maranhão, uma lei estadual também veda a “utilização de veículos oficiais em caráter pessoal”.

Não é a primeira vez que o helicóptero do Estado do Maranhão é utilizado em fins pessoais. Só neste ano, o presidente do Senado, José Sarney, pai da Governadora Roseana Sarney (PMDB), usou por duas vezes indevidamente o helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) para passear em sua ilha particular de Curupu.

A Folha conseguiu dois vídeos gravados no dia, 26, de junho e, 10, de julho deste ano, em que mostram o presidente do Senado José Sarney e sua mulher, Marly Sarney, desembarcando do helicóptero do Estado do Maranhão comprado por R$ 16,5 milhões para combater a criminalidade que assombra o estado, após a entrada do afilhado político de Sarney na secretaria de Segurança do Estado do Maranhão.

Percebe-se as três fotos tiradas em ponto diferentes.

Percebe-se as três fotos tiradas em ponto diferentes.

Qual será desta vez, a desculpa dada pelo governo do Maranhão após a denúncia?


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

MPF denuncia 22 pessoas por fraudes descobertas na ''Operação Rapina I''

Do imirante
O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão denunciou à Justiça Federal 22 pessoas acusadas de fraude de recursos públicos, entre elas o ex-prefeito de São Luís Gonzaga, Luiz Gonzaga Fortes Filho, o contabilista e empresário Waldely Leite de Moraes e o seu filho Luciano Rabelo de Moraes, sócios das empresas Escritório de Planejamento Municipal Ltda. (Eplam) e Escritório de Consultoria e Planejamento Municipal Ltda. (Ecoplam). Todos os envolvidos foram presos pela Polícia Federal (PF), na Operação Rapina I, em dezembro de 2007.

Os 22 denunciados pelo Procurador da República Marcílio Medeiros têm envolvimento com uma série de desvios de recursos públicos na Prefeitura de São Luís Gonzaga, pois o inquérito que envolve essas pessoas foi desmembrado. O MPF ofereceu o benefício da delação premiada, com a redução da pena do delator.

A CGU individualizou as evidências correspondentes ao período de 2005 a 2007, ressaltando que não lhes fora apresentado, pela Prefeitura, nenhum documento relativo aos exercícios de 2005 e 2006, sob a justificativa de que um incêndio no prédio-sede, ocorrido em 11 de dezembro de 2006, teria inutilizado todos os seus arquivos, inclusive os correspondentes aos dois exercícios indicados.

Segundo a denúncia do Procurador da República Marcílio Medeiros, “após a liberação dos recursos públicos ao Município assessorado, a rotina era de que o dinheiro fosse sacado pelos gestores municipais ou seus subordinados diretamente “na boca do caixa”. Às empresas Eplam/Ecoplam, cabia assegurar a aparência de legalidade à utilização das verbas desviadas.

Os 22 denunciados pelo MPF

Luiz Gonzaga Muniz Fortes Filho – ex-prefeito de São Luís Gonzaga

Waldely Leite de Moraes – administrador

Luciano Rabelo de Moraes – contador

José de Ribamar Romão Borges – contador

Josias Luis Monção – técnico em contabilidade

Priscila Maria Godinho Lobato – contadora

Nilton de Souza Jerônimo – servidor público

José de Ribamar Romão Borges – contador

Pedro Luiz de Jesus Borges Júnior – servidor público

Josias Luis Monção – técnico em contabilidade

Francisco dos Santos Conceição – servidor público

Eliene Pereira Lisboa – servidora pública

Flávio da Silva Santos – servidor público

Antônio Costa – empresário

Érika Camilla de Oliveira Raposo – empresária

Silvia da Assunção Cruz – empresária

Celso Rodrigues da Silva – autônomo

Laurindo Sebastião Lima Silva

Valmir Neves Filho –

Francisco Paulo Ferreira Veras – empresário

Jackson Lindoso da Silva – empresário


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.