Poder

Hemetério Weba permanece na Assembleia Legislativa

Hemetério Weba

Hemetério Weba

(Em primeira mão) O deputado estadual Hemetério Weba (PV), que recentemente foi cassado e teve os direitos políticos suspensos numa ação de improbidade administrativa movida pelo promotor Joaquim Ribeiro de Souza Júnior, volta as suas atividades parlamentar, apos decissão tomada na tarde desta sexta-feira, 30, pelo Tribunal de Justiça do Marahão.

Na segunda-feita, 03, de outubro será enviado o ofício ao presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo (PMDB) informando a nova decissão.

Ao saber da nova decissão, o deputado Hemetério Weba, viajou para comemorar com os familiares na cidade de Nova Olinda.

Daqui a pouco mais detalhes…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Promotores esclarecem os motivos que resultou na cassação de Hemetério Weba

Os promotores de Justiça Joaquim Ribeiro de Souza Junior, da 1ª Promotoria de Santa Luiza, e Gustavo de Oliveira Bueno, de Santa Luzia do Paruá, que atuaram no processo que redundou na suspensão dos direitos políticos do deputado Hemetério Weba, afirmaram que a violação ao princípio da impessoalidade, previsto no artigo 37 da Constituição Federal, motivou a condenação do parlamentar.

Hemetério Weba

Hemetério Weba

No último dia 26, segunda-feira, a defesa do deputado interpôs agravo regimental junto ao Tribunal de Justiça alegando que o recurso de apelação deveria ter sido recebido e que a sentença de 1ª instância não teria transitado em julgado. Porém, no dia 29, a 3ª Câmara Cível do TJ refutou a tese defensiva, por unanimidade e nos termos do voto do relator, desembargador Stélio Muniz, confirmou que a condenação de Hemetério Weba transitou em julgado, não cabendo mais qualquer recurso.

Joaquim Junior foi o responsável pela investigação e propositura da Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa em 31 de julho de 2007. Já Gustavo Bueno foi o responsável pela condução do processo até o desfecho final.

Na Ação Civil, Joaquim Junior denunciou Hemetério Weba, que à época ocupava o cargo de prefeito de Nova Olinda do Maranhão, por ter se utilizado de propaganda oficial em jornal de grande circulação, edição do dia 25 de setembro de 2006, com nítido intuito de promoção pessoal. “O nome em destaque do administrador e sua imagem vinculados em propaganda oficial, inverte a natureza pública do evento, deslocando-a para a área privada, onde as iniciativas pessoais são exaltadas. Com isso, confunde-se o público com o privado, enfraquecendo-se o regime republicano” afirmou Joaquim Junior.

TRAMITAÇÃO DO PROCESSO – O Processo nº 114-82.2007.8.10.0116 tramitou durante mais de três anos, período em que o deputado teve ampla oportunidade de apresentar defesa e tentar refutar a acusação do Ministério Público. Ao final, o promotor de Justiça Gustavo Bueno ratificou a tese de seu antecessor, mantendo o pedido de condenação de Hemetério Weba.

Em 29 de setembro de 2010, o juiz substituto Frederico Feitosa de Oliveira acatou a tese do Ministério Público e condenou Weba como incurso no artigo 11 da Lei de Improbidade Administrativa, impondo-lhe, dentre outras sanções, a pena de suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três anos.

No dia 16 de novembro de 2010 a defesa do deputado apresentou recurso de apelação contra a decisão condenatória. Recurso este que não foi recebido em razão da falta de preparo (pagamento das custas para o regular trâmite do recurso), o que gerou o trânsito em julgado da decisão de 1ª instância. A decisão que rejeitou o recurso de Hemetério Weba foi proferida pelo juiz Rodrigo Nina, titular da Comarca de Santa Luzia, em 30 de março de 2011.

TRÂNSITO EM JULGADO – A Assembleia Legislativa do Maranhão já foi comunicada do trânsito em julgado da condenação, para que adote as providências devidas, declarando vago o cargo de deputado ocupado por Hemetério Weba e procedendo à convocação do suplente.

Segundo esclareceram os promotores de Justiça Joaquim Junior e Gustavo Bueno, à Assembleia Legislativa não caberá decidir se Hemetério Weba praticou ou não ato de improbidade administrativa, uma vez que isso já foi decidido pelo Poder Judiciário em caráter definitivo, com status de coisa julgada. “Cabe ao parlamento estadual apenas analisar a documentação relativa ao trânsito em julgado da sentença condenatória e proferir decisão declaratória da vacância do cargo, uma vez que o exercício da atividade de deputado é incompatível com a pena de suspensão dos direitos políticos”, explicou Joaquim Junior. A decisão da Assembleia deve ocorrer nos próximos dias.

A pena de suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três anos aplicada ao deputado vale a partir do trânsito em julgado da decisão.

Além desta penalidade, Hemetério Weba também foi condenado ao pagamento de multa no valor equivalente a 20 vezes o valor da remuneração de Prefeito de Nova Olinda, bem como, à proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de três anos.

(Com informações do Ministério Público)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Gretchen vira garçonete em Orlando nos Estados Unidos

Cantora está trabalhando em café americano e diz que está curtindo uma vida que nunca teve

Gretchen agira é garçonete Foto: Reprodução/Facebook

Gretchen agira é garçonete Foto: Reprodução/Facebook

Em seu segundo dia de trabalho como garçonete em um café em Orlando, nos estados Unidos, Gretchen viu suas fotos em seu novo trabalho virarem notícia no Brasil. Pelo telefone, ao programa “TV Fama”, da RedeTV!, a cantora falou sobre sua nova profissão na noite desta quinta-feira (29). “Essa é uma das coisas que estou fazendo aqui. Não acho problema nenhum fazer isso. Não é indigno. Seria indigno se eu fosse prostituta, mas até isso, se tivesse que fazer para dar comida aos meus filhos, eu faria”.

Mudança profissional- Ao deixar o pais há dois meses, Gretchen afirmou que estava deixando a carreira artística para trás e que estava na hora de cuidar da vida e da família. Já em Orlando, recebeu o convite de uma amiga para trabalhar no café e mostrou-se bastante animada com a novidade. “Achei ótimo. Estou curtindo muito e achando o máximo trabalhar com o público de uma forma diferente”.

Solteira, após o fim de seu 14º casamento, Gretchen afirmou que não está preocupada em encontrar um novo namorado. “Estou curtindo uma vida que nunca tive. Tenho orgulho de trabalhar como garçonete. Ser garçonete não é vergonha para ninguém”.

Gretchen em seu novo trabalho em orlando, o Netto's Cafe, restaurante direcionado ao público brasileiro

Gretchen em seu novo trabalho em orlando, o Netto's Cafe, restaurante direcionado ao público brasileiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Promotor e advogado vão aos tapas em sessão; veja o vídeo

Um caso inusitado aconteceu durante a realização da sessão que iria julgar o réu acusado de homicídio.

O advogado e o promotor do caso, foram aos tapas durante a sessão, no 3º Tribunal do Júri de São Paulo. As agressões físicas e verbais chegaram a durar quase dois minutos. Clique e Veja abaixo o escândalo:

Na gravação, feita no dia, 22, deste mês, não é possível ver se o defensor Cláudio Márcio de Oliveira também bateu no promotor Fernando Albuquerque Soares de Souza porque as imagens estão focadas apenas no réu.

A juíza Patrícia Inigo Funes e Silva suspendeu a sessão alegando agressões físicas e verbais.

O defensor respondeu dizendo que não estava ali para agradá-lo, mas para defender seu cliente, o réu Andrade.

A partir de então, começou a troca de xingamentos:

“O senhor é um bandido. O senhor defende o PCC”, afirmou o promotor. Ao que o advogado rebateu: “O senhor que é um bandido”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Esquema é feito na Câmara de Vereadores de Buriticupu

Mansueto

Mansueto

A antiga mesa diretora, presidida pelo Vereador Jose Mansueto de Oliveira, já sabemos que o então presidente hoje licenciado do legislativo e atual secretario de educação fez varias fraudes e desvios em suas gestões, uma delas é a do carro de passeio da sua família um modelo COROLA, que estava alugado antes mesmo de efetuar a comprar, fenômenos estranhos aconteceram nesse fato e ainda a ser conferido é o fato de o carro ser o único de passeio abastecido com gasolina e óleo diesel simultaneamente tipo flex só que com diesel e não gasolina.

Recibo

É do conhecimento de todos que o carro é de propriedade da família Mansueto e nunca esteve a serviço da Câmara, onde somente os familiares usavam o veiculo, para seus afazeres pessoais, a audácia é tanta que eles tem firma fantasma para tudo, arranjaram o Bomjardinense Ltda., para firmar o contrato durante anos, com a Câmara, segundo nossas investigações esta empresa já fez também alguns serviços superfaturados no prédio da Casa Legislativa.

Os documentos que a nossa reportagem teve acesso demonstram desvios de recursos em verbas indenizatórias, falsos pagamentos de alugueis de gabinetes parlamentares, no pagamento de diárias no mínimo 10 dias seguidos todos os meses, funcionários fantasmas é o caso da contratação de uma das filhas do antigo faz tudo da câmara, Falsificação de leis, celular corporativo do executivo para uso pessoal do atual secretario, enquanto vereador, o que o deixa completamente com o rabo preso. Superfaturamentos até com as empresas de decoração.

O incrível é que nas gestões anteriores o executivo sempre passava recursos a mais, e que por conta dessa roubalheira, falsificação e abuso de poder a atual mesa diretora recebe quase 14 mil reais a menos, para retirar o que passou a mais. É uma vergonha e não temos mais fatos e provas porque o ex-presidente Vereador Mansueto deu sumiço nas prestações de contas do exercício de 2010.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Max Barros ingressará no PMDB

Agora é oficial, o deputado estadual e secretário de Infraestrutura, Max Barros (DEM), irá se filiar no dia 03, de outubro das 16h ás 19h no Auditório Fernando Falcão na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Max Barros dará continuidade ao seu trabalho na secretaria de Infraestrutura só que pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Veja abaixo o convite:

Convite ao secretario Max Barros

Convite ao secretario Max Barros


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

11 pessoas são presas pela PF por fraudes à Previdência no MA

Mais de R$ 330 mil em espécie também foram apreendidos Foto: G. Ferreira

Mais de R$ 330 mil em espécie também foram apreendidos Foto: G. Ferreira

A Operação Duas Caras, da Polícia Federal em conjunto com o Ministério da Previdência Social e o Ministério Público Federal, prendeu 11 suspeitos na manhã desta quinta-feira (29) de envolvimento em uma fraude estimada em R$ 16,5 milhões em benefícios do INSS. A operação ocorreu em quatro cidades do Maranhão.

Segundo a Polícia Federal, 14 mandados de prisão temporária e 18 de busca e apreensão foram expedidos pela 1ª Vara Criminal da Seção Judiciária Federal do Maranhão. A operação foi deflagrada em São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Icatu.

As investigações tiveram início em dezembro de 2009 a partir de denúncias à Ouvidoria da Previdência no estado. Segundo a PF, a quadrilha seria composta por representantes de um sindicato rural, uma colônia de pescadores, agenciadores, intermediários e servidores da Previdência.

Foto: G. Ferreira

Foto: G. Ferreira

Levantamento preliminar da Previdência, até agosto de 2011, aponta para um prejuízo de R$ 16,5 milhões. Segundo a PF, os documentos utilizados por segurados eram adulterados, como comprovantes de endereço e certidões. O servidor, ciente da irregularidade, concedia o benefício sem agendamento. Em alguns casos, sem o comparecimento do segurado.

Ao todo, 75 policiais federais e 17 técnicos des
locados da Previdência participaram da operação. Duas caras é uma alusão ao grande número de documentos falsos apreendidos, com modificação de dados pessoais dos beneficiários, especialmente profissão e endereço.

(Com informações do G1)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Pedófilo é preso por abusar da neta de 13 anos

Homem preso por abusar da neta

Homem preso por abusar da neta

O vigia Jacinto Pinheiro, 50 anos, foi preso, na manhã desta quinta-feira (29), suspeito de abusar sexualmente da neta de 13 anos. A ação foi feita pela Polícia Militar, na casa do suspeito, em Pedrinhas, zona rural de São Luís.

De acordo com as primeiras informações, dois netos de Jacinto Pinheiro moravam com ele: uma menina de 13 anos e um menino de 11 anos.

Uma professora do menino de 11 anos notou que ele estava faltando constantemente às aulas. Ao investigar o porquê das faltas, a professora do menino descobriu que ele não saía de casa para proteger a irmã dos abusos. O caso foi, então, denunciado à polícia.

Jacinto Pinheiro nega ter abusado da neta de 13 anos.

Às policiais da Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente, a menina contou já ter sido estuprada três vezes, por homens diferentes. Ela contou, ainda, já ter feito um aborto e estar com suspeita de gravidez. As duas crianças estão passando por exames nesta quinta-feira.

(Com informações do Imirante)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Sérgio Macedo confirma exoneração do seu genro

Sérgio Macedo

Sérgio Macedo

O secretário de Estado de Comunicação Social, Sérgio Macedo, confirmou ao titular do blog na tarde desta quinta-feira, 29, a exoneração do seu genro Carlos Alberto Magalhães Júnior, do cargo onde exercia na secretaria.

Carlos Alberto Magalhães Júnior se quer, passou (2) meses no posto de diretor Financeiro da SECOM.

Ao ser indagado com a pergunta, seu o genro ainda trabalha na secretaria de Comunicação? Sérgio Macedo disse. “Ele nem precisa disso, ele não trabalha mais na secretaria e principalmente em nenhum outro órgão do Governo do Estado”, esclareceu o secretário.

A confusão começou no dia, 04 de agosto, quando o Macedo nomeou o genro para compor a na secretaria.

Segundo a Constituição Federal, se caracteriza em nepotismo descarado que fere o princípio da impessoalidade e da moralidade pública. Veja abaixo a nomeação feita no dia (4):

Nomeação

Nomeação


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

João Alberto pede licença do Senado e abre vaga para Clóvis Fecury

João Alberto mostra que é homem de palavra e deixa o Senado abrindo a vaga para Clovis Fecury

João Alberto mostra que é homem de palavra e deixa o Senado abrindo a vaga para Clovis Fecury

Como já era previsto, o senador João Alberto (PMDB) pediu licença do Senado Federal, para cumprir com o seu acordo político firmado na época com os democratas Clóvis Fecury e Mauro Fecury.

Além do acordo, a saída de João Alberto é motivada também por interesses políticos em Bacabal, um dos sonhos do todo poderoso, é se eleger a prefeito da cidade pacata de Bacabal.

Em seu lugar, assume o primeiro suplente Clóvis Fecury (DEM), ex-deputado federal. Ele é o 15º suplente no exercício do mandato.

João Alberto foi convidado para compor o governo oligarca, na Secretaria de Assessoria de Programas Especiais da Casa Civil do Maranhão.
Clóvis Fecuri será empossado ainda hoje como senador.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.