Maranhão

Prefeito de Lagoa Grande diz que obras estão paradas por causa das chuvas

Apavimentação das ruas está paralisada devido a chegada das chuvas, que tem dificultado o acesso de caminhões à cidade.

O prefeito de Lagoa Grande, Jorge Eduardo Gonçalves de Melo, se manifestou, por meio de nota, sobre a matéria “Prefeitura recebe R$ 1,7 milhão e não pavimenta ruas em Lagoa Grande” (Reveja) divulgada neste Blog.

O gestor afirmou que os repasses destinados a obra só foram liberados em 2015, apesar de serem firmados em 2013. Disse também que a pavimentação das ruas está paralisada devido a chegada das chuvas, que tem dificultado o acesso de caminhões à cidade.

Jorge assegurou, ainda, que o dinheiro repassado pelo Governo Federal está depositado em uma conta vinculada e só será liberado após a realização dos serviços.

Veja abaixo a nota na íntegra:

Em atenção ao direito de informação a sociedade, venho esclarecer que apesar dos convênios terem sido firmados no ano de 2013, as verbas somente foram disponibilizadas em novembro de 2015, estando, ambos os convênios em execução, mas com as obras paradas devido as chuvas, em razão da inacessibilidade de veículos ao Município de Lagoa Grande, conforme divulgado nas redes sociais e imprensa. Sendo assim esclareço aos leitores do blog, que o dinheiro do referido convênio encontra-se depositado em uma conta vinculada, e somente será liberado após a realização dos serviços e autorizado mediante fiscalização pela Caixa Econômica Federal.

Registro ainda, os convênios são oriundos de emendas parlamentares de Cafeteira e Dutra, conseguidas por mim e que o Governo Federal em virtude da crise não iria pagar, mas graças aos esforços, competência e musculatura política, consegui reverter a situação e resgatei as verbas destinadas ao Município de Lagoa Grande.

Att. Jorge Eduardo Gonçalves de Melo, Prefeito Municipal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários