Educação / Maranhão / Política

Verba Federal de Timon foi usada para superfaturar merenda escolar

Prefeitura de Timon comprou cada pacote de café de 250g por R$ 17,50.

Durante o processo licitatório de escolha da empresa, que seria responsável pelo fornecimento da merenda escolar para os alunos da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Timon usou verba federal para superfaturar os preços dos produtos destinados às escolas.

Além de constatar um preço na pesquisa de mercado e aprovar outro na ata final do processo (Reveja), a administração municipal aceitou também preços de outros produtos totalmente destoante da realidade.

Por exemplo: 1 pacote de café de 250g não custa R$ 17,50; 1 pacote de milho para pipoca 500g não é cobrado o valor de R$5,30 nos supermercados; polpas de frutas com sabores diferentes variam entre os valores de R$ 7,50, R$ 16,00 e R$ 18,00; o valor da pimenta no processo foi aprovado no processo de R$ 19,60.

Com base nessas informações, é notório que os preços foram superfaturados, que há irregularidades na licitação e que o dinheiro público está sendo desviado.

Veja abaixo os documentos obtidos pelo Blog do Neto Ferreira:

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.

Documento do processo licitatório da merenda escolar de Timon.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Verba Federal de Timon foi usada para superfaturar merenda escolar”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Jose João Macedo

    Isso precisa acabar!!! nem que seja com cadeia!!Nem Flávio Dino ou outro governador,vai conseguir melhorar o IDH desse Estado,com essa quadrilha de boa parte de Prefeitos assaltantes.O TCE?? vixe!! só julga as contas 8/10 anos depois que eles saírem milionários e recebem uma condenação irrisória e suspensão de direitos políticos,ora!!já estão ricos,vão se candidatar a que???.A GAECO e/ou outros orgãos precisam tomar providencias JÁ!! Nem que seja preciso chamar Dr.Sérgio Moro.Todo dia leio isso nesse blog e COM PROVAS….será possível???Continue meu caro Neto Ferreira,vc pode está salvando uma geração,Deus lhe recompensará.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários