Maranhão

Secretária Helena Duailibe deixa faltar soro anti-rábico no Socorrão I

Apesar da redução na sua ocorrência observada nos últimos anos,a raiva humana continua sendo um problema de saúde publica, pela altíssima gravidade do seu acometimento. E mesmo assim vários hospitais não possuem medicamentos suficientes para o combate.

É o caso Hospital Municipal Djalma Marques, Socorrão I, que sequer possui soro especifico desse emblemático caso. Prova disso foi a denuncia feita por Olivia Soares, mãe de um garoto de 9 anos.

O garoto foi mordido no rosto por um cachorro e ao chegar na UPA mandaram ela se deslocar ao Hospital Socorro I. Chegando lá foi informada que o soro anti-rábico está em falta em todos os hospitais.

O hospital aplicou apenas vacina, mas a criança ficou sem tomar o soro, que é exigido quando a mordida é profundo.

Com a palavra a secretária de Saúde, Helena Duailibe.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários