Maranhão

Flávio Dino é culpado por paralisação de obras no Maranhão

Afirmação foi feita pelo presidente do BNDES, Luciano Coutinho, durante Comissão Parlamentar de Inquérito

Flávio Dino, governador do Maranhão (Foto: Igo Estrela/ÉPOCA)

Flávio Dino, governador do Maranhão (Foto: Igo Estrela/ÉPOCA)

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, culpou o governador do Maranhão, Flávio Dino, pela total paralisação de obras no estado.

Mais de 500 obras que beneficiariam o estado, como a construção de estradas, escolas, hospitais e outras de grande porte que contavam com o recurso do BNDES, do Programa Viva Maranhão, perderam o financiamento do programa.

Durante sua declaração na CPI do BNDES, quando questionado pelo deputado federal André Fufuca, Luciano Coutinho afirmou que as paralisações das obras devem ser direcionadas ao atual governo, que fez uma reavaliação e decidiu remanejar a execução das obras de forma que o banco só poderia fornecer informações.

Veja o que disse Luciano Coutinho:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários