Maranhão

589 bombas de combustíveis são reprovadas no Maranhão

35 delas se referem à bomba baixa, quando o instrumento entrega menos combustível do que o comprado pelo consumidor

Inmeq-MA reprova 589 bombas de combustíveis no estado

Inmeq-MA reprova 589 bombas de combustíveis no estado

5.197 bombas medidoras de combustíveis já foram fiscalizadas pelo o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA), no Maranhão este ano.

No Maranhão 589 foram reprovadas – 35 delas se referem à bomba baixa, quando o instrumento entrega menos combustível do que o comprado pelo consumidor, apresentando, portanto, erro de medição.

Além desta, também foram encontradas irregularidades como vazamento e deformidades em mangueiras, vazamento nos bicos de descargas, instalação elétrica em mau estado de conservação, vazamento de óleo, plano de selagem incorreto, entre outros.

Em termos percentuais, o quantitativo de instrumentos reprovados no Maranhão equivale a 11,33 por cento, sendo 0,76 por cento referentes a erros de bomba baixa. A média nacional deste tipo de irregularidade é de 0,7 por cento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários