Maranhão

Termo de compromisso é assinado com líder indígena

Foto ilustração - Índio Guajajara com político na Assembleia Legislativa do MA

Foto ilustração – Índio Guajajara com político na Assembleia Legislativa do MA

Em reunião para discutir as dificuldades enfrentadas pelos Índios Guajajaras no estado, lideranças se encontraram ontem para buscar soluções para o problema, visto que os índios estão há 4 dias em protesto na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Ao término das discussões levantadas foi assinado um termo de compromisso entre o governo e os indígenas na OAB. O documento trata doa acordos nas seguintes questões: serão construídas 51 escolas, será realizada a formação de 120 professores em licenciatura, que deverá começar em setembro. Além da reativação do Conselho Indígena até o final de 2015.

O governo ainda se comprometeu em fazer um estudo para criação de cotas indígenas nos Iemas nas regiões e possibilidade com o IFMA, com a criação de uma turma específica só para eles. Um levantamento também será feito para a realização de projeto que construirá 1.000 casas populares nas cidades com o Programa Mais IDH. E ainda será mantido o cronograma de pagamento dos processos de transporte escolar, de acordo com a disponibilidade financeira do estado.

Alguns termos exigidos pelos índios ainda pleiteados e estão descritos no termo assinado com observações. Por fim, a OAB/MA se compromete a entregar um áudio com a fala do líder indígena Uirauchene Alves Soares, corresponde ao ponto que trata do transporte escolar.

Um encaminhamento com a lista dos processos será entregue aos líderes indígenas até o meio dia de hoje, para que desocupem a Assembleia.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários