Maranhão

“Agora que eu vou arrochar”, diz coronel Ivaldo Barbosa sobre ameaça de bandidos

Coronel-Ivaldo-Barbosa-comandando-o-CPE

Em entrevista a rádio Mirante na tarde desta sexta-feira, o coronel Ivaldo Barbosa respondeu as ameaças que vinha sofrendo dos bandidos que andam revoltados com a atuação do CPE nas ruas e nos presídios do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

“Se eles já estavam achando ruim, agora é que não vão gostar da nossa atuação, agora que eu vou arrochar, eles que se preparem” disparou o coronel aos criminosos.

O Comando de Policiamento Especializado é uma especie de “BOPE do Maranhão” – Batalhão de Operações Policiais Especiais, que combate as facções criminosos que se instalaram no Estado.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

11 comentários em ““Agora que eu vou arrochar”, diz coronel Ivaldo Barbosa sobre ameaça de bandidos”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Raimundo Rocha

    Mete a lenha Coronel!!

  2. Armando Pinto

    Assim é que se fala Coronel.

  3. Célio Brás

    É isso que queremos ouvir e ver, mas o Secretário de Segurança CAGÃO não diz nem faz. Me compre um bode!

  4. Sergio

    No Comando Geral da PMMA, um dos assuntos que repercutiu foi a ameaça feita ao Comandante do CPE(Comando de Policiamento Especializado), Cel. Ivaldo. O blog esteve no QCG(Quartel do Comando Geral) pela manhã e pode verificar uma intensa movimentação de policiais militaras na sala do oficial querendo saber das informações com referencia ao assunto que foi divulgado no Programa Bandeira 2, do repórter Silvan Alves.

    O blog teve acesso à mensagem que os bandidos tramam o assassinato do Cel. Ivaldo.

    A mensagem foi enviada via SMS, celular, que diz: “ tem que btar pr queima ônibus e atcar os vermes, ve aí a casa do vermão%%%$ do Ivaldo e da ataque soviético la tabem$%%%$”(transquição na íntegra)

    SMS via celular(blog do ebnilson)

    A mensagem vazou para todos os militares de São Luís.

    A mensagem foi bem clara e definida, os “vermes” faz uma referencia aos policias militares e “vermão” ao próprio Cel. Ivaldo e ataque soviético significa metralhar. A ordem é para queimar ônibus e atacar policiais militares que deixou claro que é um dos alvos principais dos bandidos.

    A ordem pode ser uma represaria ao oficial que tem comandado as ações no presídio de forma dura.
    A mensagem foi mandado por um elemento conhecido como “Dragão. Ela foi enviada na noite do ataque(03/01) numa sexta-feira no horário das 22h:51mm:44 segundos.

    De acordo com uma fonte de dentro da própria Secretaria de Segurança, as mensagens com ataques foram interceptadas desde o dia 30 de dezembro de 2013. Se a fonte estiver correta e acreditamos que sim, o Secretário de Segurança, Aluisio Mendes, tinha conhecimento antecipado das ações dos criminosos desde o dia 30/01.

    Se o Secretário sabia, por quais motivos a PM só foi informado horas antes dos ataques? E uma pergunta que deve ser respondida, quais as razões? Por que os militares não foram informados antes das ações criminosas?

    E o mais grave ainda, por qual motivo o Secretário não informou ao Comando da PM da trama do assassinato do Cel. Ivaldo? E o que está por traz disso tudo? Será que Aluísio Mendes, trabalha contra a PM e ao próprio Sistema de Segurança? Qual o interesse dele da não informação do possível ataque ao cel. Ivaldo?

    A informação sobre os ataques foram divulgadas horas antes dos acontecimentos, exceto, as ameaças do Cel. Ivaldo.

    Mais talvez temos alguns dicas do que poderia está acontecendo na mente do Secretário, Aluisio Mendes.

    Entenda o caso

    Desde que Aluisio Mendes assumiu a Secretaria de Segurança, vem comandando a pasta com mãos de ferro e totalmente com uma centralização quase que absoluta.

    No Comando do ex-Comandante da PMMA, Alusio fez da instituição gato e sapato. Na época a PM perdeu o seu comando deliberadamente para o secretário. Chegou até ao ponto do próprio secretario comandar pessoalmente uma operação nas ruas de São Luís.

    Nessa época criou-se uma crise jamais vista no Alto Comando da PMMA, praticamente o Comando estava dividido: Entre os aliados do Cel. Franklin Pacheco e o dos Coronéis de oposição, apelidado de “Comando Paralelo”, cuja liderança era justamente o Cel. Ivaldo.

    A crise se agravou mais ainda com o descaso de Aluisio, com um oficial da PM, Cel. Gonçalo, que na época era Comandante de Área da região de Bacabal. Ele tirou o militar do cerimonial e não permitiu que ele tivesse qualquer participação. Isso casou revoltas entre os coronéis que de imediato assinaram uma nota de repúdio para o secretário. Inclusive entre os que assinaram está o Cel. Ivaldo e Cel. Zanoni Comandante Geral da PM.

    Mesmo antes de tudo isso Cel. Ivaldo foi um dos líderes da greve da PM em 2011, mais um embate para Aluisio Mendes.

    No mês de dezembro com a crise na segurança e as mortes dos PM,s, novamente a figura do Cel. Ivaldo foi importante para o movimento. A PM na aquele dia entraria em greve. O resultado, o Cel. Frankli Pacheco perdeu o comando da PM, o Cel. Zanoni Porto assume a PM do Maranhão.

    Com a Ascensão do Cel. Zanoni, Aluísio Mendes perdeu suas regalias e seu espaço na PM. Mesmo por que o próprio Cel. Zanoni assumiu a PM, com a condição de não está subordinado ao ALuisio Mendes. A governadora, claro temendo uma greve atendeu de imediato o oficial.

    De lá para cá, a interferência de Aluisio Mendes foi minguando até estourar a crise geral e avassaladora da Segurança.

    Aluíso Mendes, como é bem sabido, tem uma grande rejeição entre os agentes de Segurança Pública do Maranhão(Policiais Militares, bombeiros, policiais civis e agentes penitenciários etc)

    No seu comando da secretaria de segurança, houve uma greve de mais de 100 dias dos delegados, greves e greves da Policia Civil e Agente Penitenciários e a maior de todas a Greve da PM/BM em 2011.

    Como se pode notar Cel. Ivaldo é um dos desafetos do secretário, isso tudo a comunidade militar em São Luís sabe.

    Agora o que não da para entender, mesmo com as picuinhas de Aluisio Mendes, ele jamais poderia deixar de informar a PM sobre essa trama do possível assassinato do cel. Ivaldo.

    Isso ainda vai dar muito panos pra manga.

  5. José de Ribamar

    OPERAÇÃO TIGRE DOIS, PARA O COMEÇO DE CONVERSA A PMMA TEM QUE MOSTRAR O SEU PODER DE FOGO, ESSES BANDIDOS VÃO MEXER EM FORMIGUEIRO SE CASO ACONTEÇA A TRAMA DE MORTE AO NOSSO ILUSTRE CORONEL IVALDO, GRANDE GUERREIRO, GOVERNADORA ENTREGUE DE VEZ O COMANDO DE TODA A SEGURANÇA PÚBLICA A NOSSA BRIOSA, QUE SABE COM TODA A CERTEZA TRABALHAR E TEM HOMENS COM GRANDE COMPETÊNCIA PARA COLOCAR ESSES BANDIDOS NO LUGAR DELES. FAÇA UMA CONVOCAÇÃO GERAL E CHAME OS GUERREIROS DA RESERVA REMUNERADA E DÊ PODER DE FOGO A NOSSA POLÍCIA. A POPULAÇÃO MARANHENSE CLAMA POR JUSTIÇA E DE AÇÕES MAIS ARROCHADAS PARA CONTER A VIOLÊNCIA NO MARANHÃO!

  6. CARLOS FILHO

    AGORA CEL. IVALDO TEM O QUE FAZER,PRENDER ESSES BANDIDOS OU MANDA-LOS PARA O INFERNO. ESSE ASSUNTO DE CEL. QUERER INSULFLAR TROPA PARA FAZER ARRUAÇAS NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ÊH COISA DO PASSADO. E EU QUE ACHAVA ESSE CEL MUITO ARROGANTE,AGORA APOIO SUAS AÇÕES CONTRA ESSA PILANTRAGEM………E ÊH PRA BOTAR PARA EXTERMINAR ESSA BANDIDAGEM INSUBORDINADA,QUE NÃO RESPEITA A LEI E A ORDEM.

  7. José de Ribamar

    A PMMA, NÃO PODE SER VISTA COMO ARRUACEIRA POR REIVINDICAR DIREITOS DE CONDIÇÕES DE TRABALHO E MELHORIAS SALARIAIS, POIS A PMMA DEVE SER VISTA COMO INSTITUIÇÃO QUE ZELA PELA SEGURANÇA E A INCOLUMIDADE DA PESSOA HUMANA, CARLOS FILHOS, SE REIVINDICAR DIREITOS, É EM TUA VISÃO MEDÍOCRE DE ARRUACEIROS, ENTÃO, TODA A CATEGORIA QUE VAI AS RUAS EM BUSCA DE DIREITOS, REPITO EM TUA VISÃO MEDÍOCRE É TAMBÉM DE ARRUACEIROS, E SE TU NÃO SABES, O DIREITO DE GREVE ESTAR ASSEGURADO NA CONSTITUIÇÃO CIDADÃ DESTE PAÍS. A PMMA MESMO COM SEUS BAIXOS SALÁRIOS ESTAR MOSTRANDO QUE É SEMPRE PAU PARA TODA OBRA. “AQUELE QUE NÃO LUTA POR SEUS DIREITOS, NÃO É DIGNO DE TÊ – LOS” RUI BARBOSA!

  8. Evandro Gomes

    Concordo com seu comentário José de Ribamar, mas permita-me uma correção: A CF/88 veda o direito à greve daqueles aos funcionários com carreira militar, ou seja, por mais justa que seja a causa da PMMA na época daquela greve revindicando melhores condições de trabalho, além de uma remuneração melhor – que continuo considerando o salário de um PM miserável diante dos riscos que correm no exercício da profissão – o ato continua a ser inconstitucional.

  9. Benones Vieira de Araujo

    Conheço seu trabalho é um oficial operacional e está no lugar certo, tem o apoio da tropa, vem fazendo um trabalho de relevancia na corporação, e nao se deixa intimidar com pouca coisa, parabéns coronel Ivaldo

  10. Rachel

    Por mim, mata todo mundo, agora a mesma população que pede clemencia depois vai fazer protesto contra a PMMA, tem que respeitar a policia e parar de palhaçada de estar pedindo punição pro policia que mata bandido.

  11. Luciana

    Eita!
    Esse Homem é admiráveeel

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários