Maranhão

Ssangyong responde ao blog

Em 11.12.2013 foi publicada, no blog mantido por V. Sa., matéria intitulada “Concessionária fecha e deixa donos de veículos no desespero”.

Ocorre que alguns elementos da notícia, como (1) a referência a uma concessionária a fechar portas, (2) a fotografia juntada e (3) a referência à marca Mahindra, terminam por causar mal entendido ao público leitor quanto à conduta da ora remetente, Rota SLZ Comércio de Veículos e Motos Ltda., sobretudo no que diz respeito a seu procedimento junto aos clientes e a sua situação econômica.

Em verdade, a remetente jamais encerrou suas atividades empresariais, permanecendo em plena higidez econômica, nunca se negou a atender às demandas de seus clientes e, muito menos, lhes vitimou com práticas abusivas (como o noticiado “calote”). A propósito, registra-se que Rota SLZ é concessionária autorizada da marca Mahindra em São Luís desde 16/11/2009, mantendo também a prestação de serviços de oficina autorizada desta marca, e oficina em geral (multimarcas).

A apresentação da notícia, no entanto, possibilita ao leitor desavisado associar tais circunstâncias e condutas à remetente, razão pela qual alguns esclarecimentos se fazem necessários quanto ao assunto.

Primeiramente, registre-se que os serviços de assistência técnica dos produtos da marca Ssangyong chegaram a ser prestados nas dependências da remetente, mas não sob sua responsabilidade, e sim de Distribuidora de Veículos São Luís Ltda., concessionária autorizada Ssangyong, a quem a remetente tão somente cedeu suas instalações por força de contrato de parceria comercial.

Segundo, saliente-se que a interrupção da prestação dos referidos serviços pela Distribuidora de Veículos São Luís Ltda. não se deveu a encerramento ou interrupção das atividades empresariais de Rota SLZ, mas sim ao fim da vigência do aludido contrato de parceria comercial, permanecendo esta última, portanto, regularmente ativa na realização das atividades que lhe dizem respeito.

Por fim, jamais houve negativa de atendimento a clientes pela Rota SLZ, que, inclusive, dispõe-se a atender os usuários de veículos Ssangyong enquanto oficina multimarcas, esclarecendo, por absoluta boa-fé, que não é uma concessionária autorizada da marca (título esse detido por Distribuidora de Veículos São Luís Ltda.), permanecendo uma opção do cliente, diante dessa informação, a contratação ou não do serviço.

Esses, pois, os necessários esclarecimentos a V. Sa. e ao público, cujo intuito exclusivo é o de evitar compreensões equivocadas, potencialmente nocivas à reputação e às atividades da remetente.

No ensejo, requer sejam publicados os presentes esclarecimentos, com igual destaque em vosso respeitável blog, registrando ainda que se reserva o direito de, acaso se sinta ofendida ou lesada por força de informações equivocadas divulgadas, sem atenção aos esclarecimentos ora prestados, adotar as medidas legais que reputar cabíveis.

Respeitosamente,

Rota SLZ Comércio de Veículos e Motos Ltda.
por seu sócio representante,
Wellington José Alves Nunes


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Ssangyong responde ao blog”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. REPÓRTER DO BONDE

    Não seria essa Rota São Luís, uma empresa picareta que altera caracteristas originais de carros ao arrepio da lei.E não seria também providencial que a Delegacia de furtos de veículos desse uma vasculhada por la,pois possivelmente irregularidades serão encontradas e derrubariam essa notinha de defesa,que não esclareceu quase nada.

  2. REPÓRTER DO BONDE

    Outra empresa que está cometendo PILANTRAGEM contra os consumidores maranhense ÊH a CAUE Veiculos,autorizada GM,que não respeita ordem da justiça vedete do Maranhão.O veículo Ônix vem rachando o motor,e a empresa não providência outro veículo ao cliente.
    Em uma ação inusitada, Hilton Franco diz que estaria andando de ônibus, a pé e de carro emprestado há mais de 100 dias, por causa do desrespeito da Cauê Veículos no cumprimento da liminar.

    Tinha esses empresários da família Dalcar/Caue como pessoas sérias e empresários competentes,mas agora esse conceito caiu abaixo.

  3. Leidiane Rocha

    BANDO DE PILANTRAS

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários