Maranhão

Desembargadores recebem Medalha Bento Moreira Lima

Presidente Guerreiro Júnior entregou a medalha aos desembargadores Jorge Rachid e Marcelino Everton (Foto: Ribamar Pinheiro)

Presidente Guerreiro Júnior entregou a medalha aos desembargadores Jorge Rachid e Marcelino Everton (Foto: Ribamar Pinheiro)

Os desembargadores Jorge Rachid e Marcelino Everton receberam do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Antonio Guerreiro Júnior, a “Medalha dos Bons Serviços Bento Moreira Lima”, em solenidade nesta terça-feira (3). É a primeira condecoração realizada após o novo regulamento instituído em sessão plenária administrativa do dia 23 de outubro de 2013. “A medalha representa o reconhecimento do Judiciário pela prestação jurisdicional de excelência desenvolvida pelos nossos magistrados”, declarou Guerreiro.

Com 30 anos na magistratura maranhense, o desembargador Marcelino Everton lembrou que recebeu anteriormente a comenda aos 10 e 20 anos como juiz, e agora, como membro da egrégia Corte. Ele destacou que a honraria é uma consequência de seu trabalho. “Quando exercemos o nosso ofício, não pensamos em receber condecorações, mas em cumprir com o nosso objetivo que é prestar um bom trabalho ao jurisdicionado. Contudo, quando recebemos o prestígio da Corte de Justiça é um motivo de grande prazer”, ressaltou.

O desembargador Jorge Rachid, recebeu a medalha após 20 anos no cargo. Durante este período esteve à frente da Corregedoria Geral de Justiça no biênio 1998-1999, e do TJMA em 1997, e no biênio 2000-2001, sendo responsável pela implantação de diversos projetos de repercussão nacional no âmbito do Poder Judiciário. “Eu já estou aqui há duas décadas e afirmo que sou magistrado de coração. Sempre gostei da profissão que eu abracei e ter esse reconhecimento é só felicidade”, disse.

Com novo formato e nomenclatura, a “Medalha dos Bons Serviços Bento Moreira Lima” foi criada pela Resolução nº 17, de 3 de outubro de 1986. Com acabamento esmaltado, em tons dourado, niquelado e bronzeado, a comenda tem em sua base um escudo português, com faixa contendo os dizeres “Bons Serviços”.  No escudo, é sobreposta a uma medalha recortada, em relevo, com a efígie do desembargador Bento Moreira Lima e as datas 14.01.1955 e 5.08.1957. A medalha é concedida com o diploma e a roseta aos juízes que completarem dez anos em exercício na magistratura (a de cor vermelha); vinte anos (cor azul); trinta anos (cor branca).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários