Maranhão

BR-222 permanece interditada por manifestantes

br222

Permanece interditada por manifestantes a BR-222, rodovia que dá acesso ao município de Buriticupu. Moradores da região voltaram a atear fogo em pedações de madeira e pneus. Um congestionamento quilométrico se formou na região.

O protesto foi motivado pelo descontentamento da população em relação as fiscalizações que fazem parte de uma operação desencadeada pelo Ibama, polícia federal e o exercito na região de Buriticupu. O objetivo da operação seria o combate a crimes ambientais, principalmente em serrarias que extraem madeira de maneira ilegal. Mas, segundo os moradores, com as fiscalizações, a região cuja principal fonte de renda vem da extração de madeira, está parada economicamente. Além disso, os manifestantes denunciam que homens do exército estariam abusando sexualmente de adolescentes na região. Informação esta que não foi confirmada pela polícia.

Durante a manifestação, caminhões e ônibus da aviação ficaram parados e foram impedidos de passar. Segundo informações de populares, dois moradores do povoado ‘”Sagrima”, que seriam pai e filho, teriam bloqueado uma estrada vicinal por onde os caminhoneiros passavam para sair do bloqueio. Em uma discussão por conta da cobrança de pedágio, um deles, identificado por Francinaldo Rodrigues acabou sendo morto no local. O pai dele, Antonio Rodrigues, foi esfaqueado, levado para o hospital da região e não corre risco de morte. Com informações do Idifusora.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários