Maranhão

Empresários começam o ano menos otimistas no Maranhão

“Contribuíram para a queda do índice de confiança dos empresários no Maranhão”, informa a Fiema.

Os industriais maranhenses começaram o ano menos otimistas. É o que diz o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-MA), estudo elaborado pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), que registrou 59,1 pontos em janeiro de 2013, 2,2 pontos a menos que em dezembro de 2012.

A pesquisa também revela que o recuo vem ocorrendo desde novembro de 2012 e que se repete no Brasil (56,7 pontos), e no Nordeste, onde o índice também marcou 59,1 pontos. Apesar dos números, os índices permanecem acima da linha limítrofe dos 50 pontos, o que ainda indica otimismo.

“Contribuíram para a queda do índice de confiança dos empresários no Maranhão as incertezas na economia brasileira e a má avaliação das condições do estado”, informa a Fiema.

Nos três anos de aplicação da pesquisa no estado, é a primeira vez que o ano começa com uma avaliação ruim dos empresários em relação a essas duas variáveis, e com a agravante de que as condições das empresas da Construção Civil também pioraram (47,4 pontos).

Na comparação com janeiro de 2012, observa-se que o recuo mais acentuado foi de 7,8 pontos no Maranhão, no Nordeste de 3,8 pontos e no Brasil de 0,6 pontos. “Uma demonstração que o otimismo vem oscilando e está cada vez menos disseminado pela classe empresarial”, acrescenta o boletim da entidade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários