Judiciário

Cartório de Registro de Imóveis passsa por modernização

3 milhões de documentos foram digitalizados.

O cartório da 1ª Zona de Registro de Imóveis de São Luís recebeu das mãos do representante da empresa OGS Piql o primeiro rolo de uma série de cinco que contém todo o seu acervo digitalizado.

O total é de quase 3 milhões de documentos e o trabalho que se iniciou no começo de maio deste ano se deu em ritmo acelerado para que pudesse ser concluído o quanto antes.

A digitalização foi autorizada pela Corregedora Geral da Justiça, desembargadora Nelma Sarney, e atende ao determinado pela Lei nº 1.977/2009 e pela recomendação nº 09 do Conselho Nacional de Justiça.

A tecnologia norueguesa adotada é das mais modernas existentes na atualidade, onde os arquivos são gravados em filme de 35 milímetros, podendo ser visualizados a partir de equipamentos simples de leitura de filmes, com alta resistência à temperatura e longevidade.

Os dados também ficam arquivados num sistema remoto de armazenamento chamado “nuvens” e ainda nos computadores do cartório e são convertidos em PDF e permitem a busca através de OCR, o que permite se localizem documentos através de palavras ou números.

Na prática, além da segurança da guarda do acervo, os serviços prestados pelo cartório ficarão mais ágeis, já que as buscas e certidões serão entregues quase que imediatamente e os serviços de registro terão seu andamento acelerado, trazendo grandes benefícios à sociedade em geral e aos usuários em particluar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários