Judiciário

Promotores se conflitam e TAC firmada com empresários é desrespeitada

Juiz manda derrubar lanchonetes no Barramar

O promotor de Justiça do Maranhão, Luis Fernando Cabral Barreto Junior, atropelou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado pelo também promotor de Controle Externo da Atividade Policial, Claúdio Guimarães.

Fest Lanches do Barramar,

Fest Lanches do Barramar,

Houve um acordo há 1 ano atrás entre a Procuradoria do Município de São Luís juntamente com Claudio Guimarães e o secretária Diogo Lima, para autorizar o funcionamento de quiosques no local. Ocorre que o promotor Barreto desrespeito um amigo de profissão e entrou no dia 22 do mês passado cobrando a demolição.

O juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Clesio Coelho Cunha, deferiu no dia 23 do mês passado e mandou demolir vários quiosques (lanchonetes), que ficam na Avenida dos Holandeses, no conjunto Barramar. O pedido da derrubada foi feito na 3ª Promotoria Especializada de Proteção do Meio Ambiente, Urbanismo e Patrimônio Cultural de São Luís.

Resta saber qual dos dois promotores tem a razão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários