Judiciário

Madeira exonera dois servidores por prática de nepotismo

Prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira.

Prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira.

Atendendo a pedido do Ministério Público do Estado do Maranhão, a Prefeitura de Imperatriz exonerou dois servidores de seus cargos na última sexta-feira, 3 de julho. A exoneração cumpre Recomendação, expedida à Prefeitura em 21 de maio, com o intuito de cortar quaisquer relações de nepotismo no funcionamento público municipal.

Na Recomendação, o MPMA pediu a exoneração de Ana Cristina Porto, assessora de Assuntos Políticos, e Afonso Walter Porto, chefe de gabinete da Vice-Prefeitura, que são, respectivamente, esposa e irmão do vice-prefeito de Imperatriz, Luiz Carlos Porto. Conforme consta em ofício enviado pela Prefeitura à 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Imperatriz, os dois agentes foram exonerados na última semana, em cumprimento à medida do Ministério Público.

A promotora de justiça Nahyma Ribeiro Abas, titular da Promotoria Especializada na Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, elaborou a Recomendação com base no que dispõe a Constituição Federal quanto à proibição do nepotismo em órgãos e entidades da administração pública.

Em investigação realizada pela promotoria no mês de maio, foi constada a contratação irregular de parentes pela Prefeitura. De acordo com Nahyma Abas, além da prática ser amplamente condenada pela população, a Constituição Federal e a súmula vinculante nº 13 do Supremo Tribunal Federal (STF) a proíbem.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Madeira exonera dois servidores por prática de nepotismo”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Kar Mendonçala

    Assim sendo, o estado vai colocar muita gente pra rua.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários