Judiciário

Desembargador Bayma também se recusa a prender envolvidos em corrupção

Políticos e empresários que fazem parte do esquema de corrupção em Anajatuba escapam mais uma vez da prisão

Desembargador Bayma desiste de julgar processo de envolvidos em corrupção em Anajatuba

Desembargador Bayma desiste de julgar processo de envolvidos em corrupção em Anajatuba

O desembargador da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão, Antônio Fernando Bayma Araújo, também se recusou a julgar o inquérito que pede a prisão dos membros de uma organização criminosa, acusada de desviar quase R$ 14 milhões dos cofres públicos em Anajatuba.

Tudo indicava que o processo seria julgado assim que chegasse às mãos de Bayma, dado o afastamento do também desembargador Raimundo Nonato Magalhães Melo, que ficou sob a suspeita do Ministério Público do Maranhão (MPMA).

Na última semana o Ministério Público divulgou o nome dos 27 envolvidos no esquema de corrupção, que envolvem o atual prefeito da cidade, Helder Aragão, vereadores e empresários, além do ex-presidente da Assembleia, Carlos Braide.

As investigações sobre as fraudes em licitações e o uso de empresas fantasmas para os desvios de verba, tiveram início em setembro do ano passado e agora andam a passos de tartaruga…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários