Judiciário

Promotora desabafa e leva governo Flávio Dino na Justiça

Promotora de Justiça Alessandra Darub Alves.

Promotora de Justiça Alessandra Darub Alves.

O governador Flávio Dino vai enfrentar Ação Civil Pública determinando a imediata nomeação de delegados, agentes e escrivães de polícia para atuar em municípios do Maranhão. Além disso, foi pedido que as delegacias de polícia dos municípios sejam dotadas de estrutura predial adequada.

A ação foi movida pelo Ministério Público do Maranhão, por meio da promotora de justiça Alessandra Darub Alves, que ingressou, na última terça-feira (09).

Alessandra Darub aponta que os índices de violência e criminalidade estão em crescimento acelerado nos dois municípios, desproporcional ao desenvolvimento e crescimento populacional. Tem cidade que conta com apenas um delegado e um investigador de polícia. Apicum-Açu, por sua vez, não conta com nenhum policial civil. O delegado de Bacuri atua também no termo da comarca, “sem qualquer respaldo formal e apenas por dever moral”.

Diante desse quadro de carência de policiais, falta policiamento ostensivo e investigação policial adequada, o que leva à impunidade e ao descrédito da população, que deixa de registrar as ocorrências. “É inadmissível que uma população de quase 35 mil habitantes conviva em situação constante de temor, pavor, insegurança e em evidente ameaça à paz social por omissão do Estado do Maranhão”, desabafa a promotora de justiça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários