Judiciário

TCE não exigirá certificação digital para prestações de contas

A decisão, que será comunicada a todos os jurisdicionados do TCE por meio de ofício circular.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) decidiu isentar os gestores públicos da obrigação de, por ocasião da entrega das prestações de contas relativas ao exercício financeiro de 2012, apresentarem a assinatura digital. A exigência constava da Instrução Normativa nº 28, que disciplina o processo eletrônico de contas no âmbito do TCE maranhense.

A decisão, que será comunicada a todos os jurisdicionados do TCE por meio de ofício circular, se deve à inexistência, no mercado brasileiro, de assinadores digitais para arquivos com tamanho superior a 25Mb. O volume de documentos constantes de uma prestação de contas, especialmente das prefeituras municipais, supera em muito esse limite.

O uso da assinatura digital foi adotado em conformidade com a Lei 12.682, de julho de 2012. No final de novembro passado, em palestras realizadas entre os dias 19 e 23, o Tribunal esclareceu toda a sistemática do processo eletrônico regulamentado pela Instrução Normativa nº 28, da qual constava o uso da assinatura digital.

Com a informação da inexistência, no mercado brasileiro, de assinadores digitais compatíveis com o tamanho exigido pelos arquivos das prestações de contas, o Tribunal decidiu suspender a exigência até que seja viabilizada uma solução que atenda às suas necessidades.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “TCE não exigirá certificação digital para prestações de contas”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. jOÃO

    PRIMEIRO QUE JÁ É UMA COISA QUE NINGUEM ENTENDE O TCE “NORMATIZAR A SISTEMATICA DA PC DE CONTAS” TODO MUNDO DEVIA PRESTAR COMO QUISESSE, AI SE TIVESSE ERRADO O TRIBUNAL QUE DESAPROVASSE… INVENTAM MEIO MUNDO DE FORMAS ABSURDAS DE FAZER AS COISAS…

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários