Geral

Em crise, TV de Manoel Ribeiro atrasa salários de funcionários

Após o resultado das eleições onde o deputado estadual Manoel Ribeiro não se reelegeu, as coisas mudaram na sua emissora de TV em relação ao pagamento da folha dos funcionários.

O proprietário da TV Maranhese tenta mostrar que tudo vai bem e na verdade pelos bastidores a crise vem se alastrando.

No mês de dezembro são dois pagamentos a serem efetuados: o salário e o décimo terceiro. Os funcionários que se encontram com seus salários atrasados estão recorrendo a empréstimos bancários para pagarem suas dívidas.

Na sexta-feira da semana passada, houve um tumulto na TV Maranhense com a presença de um agiota cobrando o deputado Manoel Ribeiro.

Cometa-se que o parlamentar teria vendido o sinal ou arrendado a TV para uma outra emissora muito bem sucedida em São Luís.

A problemática que os funcionários enfrentam não é somente nos salários atrasado, mas também na falta de pagento de hora extra dos serviços prestados na emissora.

A bolsa oferecida para estagiários é de R$ 505 reais, valor esse muito baixo perante outras emissoras que pagam um salário mínimo.

Varias denúncias já foram feitas no Ministério do Trabalho e nada é resolvido.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários