Geral

Crianças que atrasam dois minutos são barradas em porta de escola

Intransigência e o desrespeito da direção do Sesi seriam tamanhos que, nem mesmo acompanhado de algum responsável, os alunos têm a permissão para entrar em sala de aula.

Uma medida adotada pelo colégio Sesi/Anna Adelaide Bello está revoltando pais de alunos. Por atrasos de apenas dois minutos, crianças do ensino fundamental estão sendo impedidas de assistirem às aulas. A Unidade de Ensino, localizada no bairro Alemanha, é vinculada ao sistema da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema).

Escola Sesi.

Escola Sesi.

Mãe de aluno na escola, a jornalista Conceição Castro publicou um desabafo em seu perfil na rede social Facebook, na tarde de ontem (26), depois do filho ser impedido de assistir aula. Segundo a mãe, a criança de 12 anos chegou ao local de estudo em sua companhia e ainda entrou no pátio, mas não pôde seguir para a sala de aula. Ainda segunda ela, não teria sido a primeira ocorrência da escola em barrar o aluno. O fato também vem se repetindo com outros estudantes desde o retorno às aulas após as férias de julho.

“Atenção Promotoria da Educação! Colégio Sesi está impedindo alunos que chegam com minutos de atraso de assistirem às aulas. Nesta segunda-feira (21), devido a lentidão no trânsito na Avenida dos Franceses, acabei me atrasando cinco minutos. Ele ainda adentrou ao pátio, mas a escola foi implacável e o barrou, impedindo a sua participação não apenas na primeira aula, mas em todas as atividades do dia, inclusive a realização de uma prova bimestral”, denunciou a jornalista.

Ainda conforme a publicação, a intransigência e o desrespeito da direção do Sesi seriam tamanhos que, nem mesmo acompanhado de algum familiar ou responsável, os alunos têm a permissão para entrar em sala de aula se não chegarem religiosamente dentro do horário fixado.

A Promotoria da Educação deve se manifestar e evitar que a escola continue com uma conduta que afeta diretamente náo só uma, mas várias crianças.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Crianças que atrasam dois minutos são barradas em porta de escola”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Rachel

    O povo é engraçado, horário é responsabilidade, não acredito que tenha sido apenas dois minutos, além do que os pais deveriam ter vergonha em reclamar de coisas tão necessárias (como pontualidade) e procurar passar essas necessidades a seus filhos. Tem que barrar mesmo.
    Escola não é casa da mãe Joana, seje ela particular ou pública.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários