Geral

Presos ameaçam rebelião em Pedrinhas por causa do cancelamento de visitas

O princípio do motim começou nas celas após os presos reclamarem que as visitas não poderiam ser realizadas.

Complexo de Pedrinhas Complexo.

Complexo de Pedrinhas Complexo.

Os moradores de Pedrinhas, em São Luís, ficaram assustados com um princípio de rebelião no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Os presos protestaram por causa do não acesso à visita.

De acordo com informações, o princípio do motim começou nas celas após os presos reclamarem que as visitas não poderiam ser realizadas.

O motivo do cancelamento de visitas se deu após a paralisação de advertência dos agentes presidiários por conta da lei sancionada criada pelo Congresso Nacional que impede agentes de ter porte de arma para.

Em nota, a Secretaria de Administração Penitenciária esclarece que providências foram tomadas para assegurar que não aconteça a rebelião.

NOTA

A Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) informa que adotou providências para garantir a segurança nos presídios durante a paralisação dos agentes penitenciários. Entre as medidas, solicitou o apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Militar, do Batalhão de Choque, do 6º batalhão e do Grupo Tático Aéreo (GTA).

A Sejap esclarece que a paralisação dos agentes penitenciários do Maranhão é uma adesão ao protesto por 24 horas ao veto da presidenta Dilma Roussef ao projeto de lei que concede porte de arma aos agentes. O movimento é nacional e coordenado pela Federação Sindical Nacional dos Servidores Penitenciários (Fenasbem).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Presos ameaçam rebelião em Pedrinhas por causa do cancelamento de visitas”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Cesar

    Os pilantras,vagabundos,filhos da puta queriam afogar o ganso….vejam só !!!!!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários