Entretenimento

Empresário quer monopolizar bandas de São Luís usando suas casas de shows

O empresário Sérgio Linhares, dono de várias casas de shows em São Luís-MA, teria emitido um alerta geral a diversos músicos contratados para se apresentarem em um evento no sábado (10), a ser realizado em uma casa de eventos do concorrente.

Bandas tiveram que romper contratos já firmados de apresentação na festa Balada dos Solteiros, que será realizado na casa de eventos Pier 98, para tocar nas festas de Linhares na Garden’s Country Pub (Ponta da Areia) e Filial Boteco, localizado na Lagoa da Jansen.

Artistas que contrariassem poderiam ficar sem tocar no conglomerado de casas de eventos de Sérgio Linhares: Filial Boteco, Por Acaso, Garden’s Country Pub, Cabana pub, Faculdade do Forró, Katedral, Choppana, Daquele jeito e Chopp Cancun.

A monopolização prejudica o artista, que deixa de ganhar apresentando-se em outras casas de eventos, inclusive, chega a ser uma condição violadora dos princípios da livre iniciativa e da livre concorrência.

O empresario tornou-se conhecido apos ser acusado de não dá assistência para uma mulher baleada dentro de sua casa de eventos, a Choppana. Daniely Menezes foi atingida na barriga em dezembro de 2015, durante uma confusão no estabelecimento e foi levada para o Hospital Municipal Socorrão I (reveja).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários