Educação

Construção do IFMA de Ribamar será autorizada nesta quinta-feira

O reitor do Instituto Federal do Maranhão, Roberto Brandão, e o prefeito Gil Cutrim (PMDB) assinam nesta quinta-feira (24), às 11h, ordem de serviço autorizando o início da obra de construção de uma unidade do IFMA no município de São José de Ribamar.

A assinatura da ordem de serviço acontece no terreno, de mais de 33 mil metros quadrados, onde a unidade pública e especializada de ensino será construída.

O IFMA ribamarense será implantado em um terreno doado pela Prefeitura e que fica localizado no bairro Piçarreira, próximo à Sede da cidade e às margens da MA-201 (Estrada de Ribamar). A sua instalação foi um pedido feito ao Governo Federal pelo próprio Gil Cutrim com o objetivo de oferecer ao povo do município, em especial aos jovens, ensino profissionalizante de qualidade.

A obra no valor de R$ 7 milhões tem prazo de execução de 18 meses e está sendo custeada com recursos federais.

O campus do IFMA de São José de Ribamar terá onze salas de aula, cinco laboratórios, um miniauditório, área de vivência, setor administrativo e setor pedagógico.

Enquanto a obra de construção do campus não for concluída, serão oferecidos cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) em instalações provisórias, que serão definidas pelo setor de arquitetura do próprio IFMA.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Professores estaduais fazem paralisação de advertência

GREVEOs educadores – professores e funcionários de escola – realizam hoje (dia 16) paralisação de advertência de 24 horas. O movimento convocado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) tem o objetivo de protestar contra o não cumprimento, por parte do governo, do acordo quanto aos prazos e a forma de pagamento de promoções, titulações, gratificação de funcionários e reajuste do Piso Salarial deste ano (retroativo a janeiro). Eles deveriam ter sido feitos no mês de agosto. Porém, a categoria foi surpreendida com um novo calendário, com parcelamento até o final do ano.

Em São Luís, os educadores se concentrarão na em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite, na Praça Deodoro, a partir das 8h30. De lá sairá uma comissão para protolocar ação judicial junto ao Ministério Público.

Em agosto, a diretoria do Sinproesemma protestou contra o não pagamento e o secretário Pedro Fernandes (Seduc) assegurou que alguns pagamentos seriam feitos em folha suplementar a ser paga no dia 10 de setembro. Os números que apareceram nos contracheques de muitos trouxe mais confusão, pelo fracionamento. “O governo do estado pagou o retroativo de fevereiro e metade do de março, e, o pior, sem qualquer comunicado oficial”, criticou o presidente do Sinproesemma, professor Júlio Pinheiro durante a assembleia.

O Sindicato pretende realizar mensalmente esse protesto aumento o número de dias parados, não descartando a realização de uma greve por tempo indeterminado. Com informações do Imparcial.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Prefeitura de São Luis se manifesta sobre o atraso no programa leite na escola

leiteA prefeitura de São Luís, divulgou nota esclarecendo os motivos que levaram ao atraso na distribuição do leite nas escolas municipais. Veja a nota da prefeitura.

Nota:

A Secretaria Municipal de Segurança Alimentar – SEMSA vem esclarecer que, obedecendo expressa determinação do senhor prefeito Edivaldo Holanda Junior, que determinou a aquisição e distribuição do leite às crianças desde o 1º dia do ano letivo deste, retomou o processo licitatório no dia 24 de janeiro.

Desde aquela data, juntamente com a Central Permanente de Licitação (CPL), tem reunido todos os esforços para adquirir o leite. Entretanto, as empresas participantes das licitações, exercendo o direito que entenderam legal, travaram disputas entre si e utilizaram-se dos diversos recursos administrativos e até judiciais, impugnando os editais e assim causando o atraso da aquisição e distribuição do produto.

Após todas as impugnações e mandados de segurança que atrasaram a compra do produto, a licitação segue com a publicação do 4º Edital, cujo Pregão está marcado para o próximo dia 28, quarta. Caso não haja os mesmos impasses do início da licitação, o leite será adquirido e distribuído ainda este semestre.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Prefeitura dialoga com líderes de escolas comunitárias

Secretário Allan Kardec recebe comissão representativa das escolas comunitárias conveniadas com a Prefeitura e o Governo Federal

Secretário Allan Kardec recebe comissão representativa das escolas comunitárias conveniadas com a Prefeitura e o Governo Federal

Até a próxima quarta-feira (14), as escolas comunitárias que estão com documentação regular e sem pendência na Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz) terão os processos referentes ao repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) empenhados e encaminhados para pagamento. A ação foi anunciada na manhã desta quinta-feira (08) pelo secretário de Educação, Allan Kardec Duailibe, durante reunião com comissão representativa das escolas comunitárias conveniadas com a Prefeitura de São Luís e o Governo Federal.

“Nós temos trabalhado desde o início do ano para mudar a realidade encontrada e isso inclui as escolas comunitárias. Nessa questão, por exemplo, já nos reunimos com os demais órgãos públicos expedidores de certificações, para darmos maior celeridade a esse processo de emissão de documentação. Aqui mesmo na Secretaria estamos em plena força-tarefa para dar mais agilidade aos trâmites dos processos”, destacou o Allan Kardec Duailibe.

Um grupo de trabalho permanente, composto pelos presentes na reunião, também foi instituído com o intuito de discutir melhorias para as escolas comunitárias. Também resultaram da reunião a inclusão de um representante das instituições na comissão de elaboração do Plano Municipal de Educação, a realização de formação continuada para os professores das escolas comunitárias e o desenvolvimento de ações pedagógicas articuladas com as escolas comunitárias.

Durante o encontro, Allan Kardec também sugeriu aos presentes maior articulação com o Conselho Municipal do Fundeb, para acompanharem os trâmites referentes os procedimentos e processos das escolas comunitárias.

Sobre as 23 escolas comunitárias que não constam no banco de dados do Governo Federal por terem preenchido irregularmente o Censo, o secretário de Educação explicou que a coordenação de Educação Comunitária já realizou visita em 11 dessas instituições e que até os próximos 15 dias as outras 12 serão visitadas. A partir disso, um relatório será realizado para que o processo de cada uma delas seja elaborado.

Além do titular da pasta de Educação e sua equipe técnica, também participaram da reunião a vereadora Rose Sales, representantes do Fórum Municipal de Escolas Comunitárias, gestores e professores de escolas comunitárias conveniadas com a Prefeitura de São Luís e o Governo Federal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Pedro Lucas pede que prefeitura resolva o problema das escolas comunitárias

Blog do Mário Carvalho

Vereador Pedro Lucas Fernandes

Vereador Pedro Lucas Fernandes

O líder do PTB na Câmara de São Luís, vereador Pedro Lucas Fernandes, solicita que o secretário municipal de Educação, Alan Kardec, reveja os contratos com as escolas comunitárias da capital, pois as unidades estão sem receber por mais de três meses repasses financeiros da Prefeitura.

“Fizemos nesta segunda-feira um pronunciamento na Câmara para sensibilizar e chamar atenção do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) e do secretário Alan Kardec a solução para o problema da falta de repasses de verba para as escolas comunitárias controladas pelo município. As escolas estão sem condições de funcionamento por falta de recursos”, destaca Pedro Lucas.

Ele diz esperar que o prefeito possa resolver o impasse o mais breve possível.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Professores denunciam que não recebem pagamento de horas extras da jornada

Os professores que aceitaram a proposta do governo do Estado de fazer horas extras em sala de aula, no terço da jornada que deveria ser destinado para atividades extraclasses, como manda a Lei do Piso, denunciam ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) e em redes sociais que o governo não está pagando pelos serviços executados.

“A proposta da hora extra foi um arranjo do Estado para não contratar novos profissionais a fim de suprir a demanda resultante da implantação da nova jornada. Se não há pagamento, não tem sentido o professor continuar trabalhando nessas condições. O certo é trabalhar em sala de aula somente durante as 13 horas da jornada, que é o direito previsto na Lei do Piso”, esclareceu o presidente do Sinproesemma, Júlio Pinheiro.

Os profissionais de educação estão indignados com a postura do governo em não definir o pagamento das horas adicionais trabalhadas e querem uma solução imediata para resolver a situação.

De acordo com a lei, um terço da jornada do professor deve ser voltado para atividades extraclasses que qualifiquem o trabalho desenvolvido pelo educador em sala de aula. No Maranhão, a carga horária dos professores da rede estadual é de 20 horas. Com a lei, o professor deve fazer apenas 13 horas na sala de aula.

No início do ano letivo de 2013, o governo propôs que os professores permanecessem em sala de aula no restante da carga horária, que seria destinada para a hora-atividade, e que essas horas seriam pagas como extras, o que ainda não aconteceu, conforme as denúncias dos professores que aceitaram a medida, que seria opcional.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Professores protestam contra prefeito de Imperatriz

Foto: Tátyna Viana/ Imirante Imperatriz

Foto: Tátyna Viana/ Imirante Imperatriz

Hoje(22) pela manhã professores da rede municipal de ensino se reuniram na frente da casa do prefeito Sebastião Madeira, para reivindicar reajuste salarial de 15%, e reforçaram o movimento grevista que já dura mais de uma semana.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Educação (STEEI), 50% das escolas municipais paralisaram as atividades, como a pré-escola Juracy Conceição, a escola Costa e Silva no bairro Nova Imperatriz, colégio Frei Manoel Procópio, no setor Beira Rio. Mas 30% estão funcionando parcialmente, apenas em um turno e 20% encontram-se com aulas regulares.

Além do reajuste salarial os servidores municipais reivindicam, também, vale-alimentação de R$250, para os professores e para os demais o valor passa para R$150 . A prefeitura de Imperatriz ofereceu contraproposta de 6% de reajuste, que foi enviada em forma de Lei para a Câmara dos Vereadores, com previsão de votação nessa quinta-feira. (Do Imirante).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Prefeitura abre inscrições para seletivo do Curso Pré-Vestibular Municipal

A Prefeitura de São José de Ribamar está realizando as inscrições gratuitas do processo seletivo para ingresso no Curso Pré-Vestibular Municipal. As inscrições tiveram início na sexta-feira (12) e podem ser feitas até próximo dia 24 – nos dias úteis da semana nos horários das 8h ao meio dia e das 14h as 20h – na própria sede da unidade pública de ensino, localizada na Avenida Gonçalves Dias, sede da cidade.

Também estão abertas até o início do próximo mês as inscrições do seletivo para os interessados em ingressar, na categoria metais, na Escola Municipal de Música Maestro Nonato, localizada na cidade.

Mantido pela administração do prefeito Gil Cutrim (PMDB), o Curso Pré-Vestibular Municipal é uma ferramenta importante no setor educacional que oferece, gratuitamente, aos estudantes ribamarenses a oportunidade de se preparar para o vestibular, usufruindo de um ensino de qualidade, excelente material didático e fardamento. Ao longo dos últimos sete anos, mais de 300 jovens da cidade, oriundos da unidade pública de ensino, conseguiram ingressar em instituições de ensino superior.

Estão sendo oferecidas 160 vagas e para efetuar a inscrição o candidato deve apresentar duas fotos 3×4 recentes e iguais; original e cópia do RG e CPF; comprovante de residência (deve residir em São José de Ribamar); comprovante de escolaridade (diploma ou certificado para os que já concluíram e declaração escolar para os que estejam cursando o 3º ano).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Entidade distribuirá kits escolares para alunos do bairro da Alemanha

A Central Estudantil de São Luis (CES) promove nesta segunda-feira (15), a partir das 8h da manhã, a 2º etapa do projeto “Ação Social a CES também faz”, voltada para a promoção e incentivo a educação, com base nas 8 metas do milênio, no Centro Comunitário Nossa Senhora da Glória Escola, localizada no bairro da Alemanha em São Luis.

A iniciativa da entidade representativa dos estudantes universitários e secundarista de São Luís tem por objetivo, subsidiar materiais escolares aos estudantes de escolas comunitárias, além de promover debates e seminários sobre os diretos e deveres dos estudantes na rede municipal de ensino. Ao todo, serão entregues mais de 300 kits aos estudantes contendo: Lápis, cadernos, réguas, borracha, apontador, lápis de cor, livretos de matemática e português entre outros.

A entidade estudantil elegeu o tema número 2 “Educação Básica de Qualidade para Todos”, dos 8 objetivos do milênio (ODM) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2000 e que deve ser atingidos pelos países até 2015, como prioridade de suas ações na capital maranhense.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Vasco da Gama é vice mais uma vez

Um jogo emocionante e um resultado já esperado para os que não torcem para o Vasco da Gama, trás algo curioso que deve ser questionado em bares e restaurantes do Brasil.

Será por qual motivo o Vasco é vice isolado mais uma vez? Simples da reposta.

Ocorre que, se contabilizarmos os inúmeros resultados obtido pelo clube em finais de campeonatos, chegamos a conclusão que a vice ou sendo vice, é algo que atormenta não só os torcedores, mas todos os jogadores e comissão técnica.

O resultado de hoje, onde o Botafogo derrotou por 1 a 0, é apenas o reflexo de uma história contada há anos em finais de importantes campeonatos.

Mesmo entrando em campo com a vantagem do empate, o clube perdeu e amarga 10 anos de jejum.

Mais que merecido…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.