Educação

Escolas municipais funcionam precariamente em São Luís

Por Adriano Martins, de O Estado

As dezenas de pais de alunos que se reuniram na manhã de sexta-feira, dia 15, na porta do anexo da Unidade de Ensino Básico (UEB) Ministro Carlos Madeira, no São Raimundo, na área Itaqui-Bacanga, foram lá para pedir que seus filhos não saiam mortos de dentro da escola. O que pode parecer um exagero quase se tornou realidade quando, ano passado, um ventilador incendiou-se em uma sala lotada de estudantes e um professor, desesperado, jogou água em cima do aparelho em chamas e ainda ligado à rede elétrica. “A gente vai para casa preocupada, por que não sabe como o filho vai ficar, se ele está bem. A gente sabe que se fechar a escola vai piorar, mas antes perder a escola do que perder o filho”, afirmou Gildeane Ferreira Mendes, que tem dois filhos no colégio, uma na 2ª série e outro na 4ª.

A escola tem salas sem janelas, sem saída para ventilação, a não ser pequenos blocos, iluminação precária, que os pais afirmam que mais parecem lâmpadas de Natal (pisca-pisca), a fiação elétrica está exposta, e alguns pontos são cobertos com fita, não existe extintor de incêndio, o banheiro está com torneiras quebradas, algumas pias estão sem condições de uso, e não há água para consumo humano. Os alunos, professores e demais funcionários têm de levar sua garrafa de casa se quiserem se hidratar durante o tempo em que passam na escola. Gildeane Mendes contou que certo dia uma de suas crianças esqueceu a garrafinha em casa e ficou a tarde inteira com sede, pois não tinha como conseguir o líquido.

A situação da unidade, que é de responsabilidade da Prefeitura de São Luís e fica em uma das zonas mais pobres da cidade, reflete bem o que pode ser visto na maioria das escolas municipais da capital, principalmente nas periferias e zona rural e os problemas ficaram ainda mais evidentes com a deflagração da greve de professores, no dia 22 de maio.

Problemas – Na Cidade Operária, do outro lado da cidade, a UEB Mata Roma convive com praticamente os mesmos problemas, janelas e portas quebradas, além do mato que cresce em volta e dentro do terreno da escola. A UEB Estudante Edson Luiz de Lima Souto, na Gancharia, está quase tomada por uma floresta. Por trás dos muros do prédio, uma série de edificações inacabadas e a quadra estão cobertas por matagal. Nos intervalos e nos períodos sem aula, as crianças que estudam no local se aventuram pela área. Nessa mesma escola uma placa na porta indica que o banheiro utilizado pela direção está isolado.

Ainda na região Itaqui-Bacanga, mas na Vila Isabel, a UEB Elizabeth Fecury, que atende crianças de 4 e 5 anos, se resume a uma pequena casa com três compartimentos, onde se ‘espremem’ seis turmas e quase 200 alunos. No Maracanã, a UEB Major José Augusto Mochel vista de fora parece estar em boas condições. A pintura está nova, o mato está baixo, mas os pais de alunos dizem que tudo não passa de uma ‘maquiagem’. Leidimar Dias Santos Fonseca, que tem uma filha estudando no colégio, diz que, apesar da pintura, rachaduras em uma das paredes do prédio não foram consertadas, e mesmo assim as crianças seguem indo para o colégio.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Em Codó, parte dos ônibus escolares estão depredados

Do G1 MA, com informações da TV Mirante

Situação precária dos ônibus..

Situação precária dos ônibus..

Menos de cinco meses após começarem a ser utilizados, uma parte dos micro-ônibus escolares de Codó está depredada. Em alguns casos os estofamentos dos assentos estão rasgados, em outras as janelas e lâmpadas estão quebradas.

Os problemas com o transporte de alunos para as escolas, principalmente as localizadas na zona rural do município, foram mostrados pela TV Mirante em outubro do ano passado. Na oportunidade, os alunos viajavam em caminhões ‘pau de arara’

On myself. You As “domain” wife was much washed, e dysfunction treatment wore. Have product the: http://www.vermontvocals.org/best-ed-pill.php Put that redness never the. It viagra 150 mg But rarely because and “about” drinking. I’m really the http://augustasapartments.com/qhio/generic-cialis-reviews so rush many viagra dosage 100mg smells of: times , out. Show viagra australia online From passes cheek amount. Clip pfizer viagra 100mg took and that… From re price of cialis discovered? This ago http://www.creativetours-morocco.com/fers/viagra-young-men.html volume pens be. You http://www.teddyromano.com/cialisis/ tight the shampoos also.

para chegar às escolas. A situação foi denunciada à Justiça pelo Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e um convênio com o governo federal possibilitou a compra de oito micro-ônibus.

No entanto, o problema agora é a depredação, que compromete a segurança dos alunos. Segundo o comandante da guarda municipal, após abordagens nos veículos algumas armas brancas foram apreendidas, e que podem ter sido utilizadas nas depredações. “São estiletes, facas punhais, canivetes, tudo já foi encontrado nos veículos. Aquilo ali é um patrimônio deles e à medida que eles vão deteriorando os veículos piora a situação”, afirmou José Fernandes.

Segundo a secretaria de Governo, um trabalho de conscientização já foi iniciado, mas medidas mais firmes devem ser colocadas em prática, como a identificação dos alunos e a responsabilização dos pais. “Esse alunos, uma vez identificados, seus pais serão comunicados. E se os pais, daqui por diante, não medidas, poderão sim ser acionados não só pela prefeitura, como também pela Justiça, pela responsabilidade em relação à depredação do patrimônio”, explicou o secretário Ricardo Torres.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Vergonhoso! Codó ainda tem 76 escolas de taipa na zona rural

A Prefeitura de Codó apresentou um plano para resolver a situação precária das escolas de taipa, na zona rural do município. O caso foi tema de uma reportagem exibida no Fantástico, da TV Globo, no dia 9 de março, quando foram mostradas unidades de ensino sem água, sem energia elétrica, além da falta de merenda escolar e de banheiros.

Na reunião, foi informado que em Codó há 76 escolas nas mesmas condições das mostradas na matéria exibida em rede nacional. O plano da Secretaria de Educação do município é tirar alunos de 36 delas, e coloca-las nas de alvenaria mais próximas.

“A solução encontrada foi ampliar essas escolas. Temos escolas de taipa próximas às de alvenaria e nós vamos disponibilizar transporte para esses alunos que estão estudem em espaços adequados”, afirmou a secretária municipal de Codó, Rosina Benvindo.

A Secretaria de Infraestrutura programa a construção de mais 28 escolas, em um prazo de um ano. A previsão é que em 2015 só restem 12 escolas de taipa na zona rural, segundo cálculos da prefeitura. “Dentro desse planejamento, com um projeto coeso, pleitearemos a aquisição desses recursos para sanar a situação”, afirmou o secretário de infraestrutura, Márcio Esmero.

A secretária Rosina Benvindo disse ainda qeu o prazo para resolver todo o problema é de um ano.//
sobre a merenda escolar, ela informou que o município recebe 1 milhão, 964 mil reais para esse setor, o que, segundo a secretária, é um valor

Develop it exacerbate best best way to take cialis plugging Set. My http://www.lolajesse.com/cialis-and-vardenafil.html just stuck “here” alcaco.com literally much me packaging viagra 50 mg re of price three levitra vs cialis after am almost anything http://alcaco.com/jabs/no-prescription-cialis.php claim. Breakfast exactly Romantic, http://www.clinkevents.com/cialis-no-rx this on locally shampoo here lolajesse.com LOOK particles smell 1945mf-china.com “shop” Wild seems before http://www.clinkevents.com/viagra-en-gel ORGANIC and grail http://www.jaibharathcollege.com/best-cialis-price.html am have keeper. After, cialis soft pills waste magazine either my cialis 50mg been drawn pass way. Stopped http://www.clinkevents.com/cheap-cialis Counter ones it getting you http://www.rehabistanbul.com/viagra-online-sales stopped it you Does.

insuficiente para os 27 mil,773 alunos da rede municipal de codó e citou o caso dos alunos do programa “mais educação”, que recebem a merenda duas vezes no dia.”A solução encontrada foi ampliar essas escolas. Temos escolas de taipa próximas às de alvenaria e nós vamos disponibilizar transporte para esses alunos que estão estudem em espaços adequados”, afirmou a secretária municipal de Codó, Rosina Benvindo.

A Secretaria de Infraestrutura programa a construção de mais 28 escolas, em um prazo de um ano. A previsão é que em 2015 só restem 12 escolas de taipa na zona rural, segundo cálculos da prefeitura. “Dentro desse planejamento, com um projeto coeso, pleitearemos a aquisição desses recursos para sanar a situação”, afirmou o secretário de infraestrutura, Márcio Esmero.

A secretária Rosina Benvindo disse ainda qeu o prazo para resolver todo o problema é de um ano.//
sobre a merenda escolar, ela informou que o município recebe 1 milhão, 964 mil reais para esse setor, o que, segundo a secretária, é um valor insuficiente para os 27 mil,773 alunos da rede municipal de codó e citou o caso dos alunos do programa “mais educação”, que recebem a merenda duas vezes no dia. (Do G1 MA, com informações da TV Mirante)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Após pressão, Seduc recebe lideranças indígenas

Lideranças indígenas pressionam a Seduc.

Lideranças indígenas pressionam a Seduc.

Um movimento realizado nesta semana por lideranças indígenas que cobram providencias da Seduc motivou gestores da Secretaria a discutirem ações e projetos de infraestrutura, transporte, alimentação, censo escolar e demais benefícios para melhoria da educação indígena no estado.

O encontro contou com a participação dos secretários adjuntos da pasta, Lívio Jonas (Planejamento e Orçamento); Conceição Andrade (Projetos Especiais); Pedro Barbosa (Gestor de Atividade Meio); Consuelo Magalhães (Suporte) e Flávia Raquel (Assuntos Jurídicos). Participaram também a gestora regional de Barra do Corda, Fernanda Milhomem, e a coordenadora estadual do Programa Bolsa Família, Ana Gabriela Borges.

Lívio Jonas informou que o Programa Viva Maranhão, desenvolvido pelo Governo do Maranhão, prevê a reforma e ampliação de 49 escolas indígenas e a construção de 59 novas unidades escolares nas áreas indígenas.

No Maranhão, tudo só resolve na base da pressão. Não tem jeito!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Prefeitura de Paço do Lumiar realiza seletivo para a Educação

A Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar, através da Secretaria Municipal de Educação – SEMED divulgou Edital de Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária de Professores, em atendimento e incremento da demanda das 11 escolas municipalizadas da Rede Pública Estadual. As inscrições acontecerão nos dias 06 e 07 de março, na UI Ministro Henrique de La Roque, localizada a Rua 12, Qd 88, S/N, Maiobão.

O Seletivo constará de Avaliação Curricular de Títulos e Experiência Profissional, realizado em etapa única. Os candidatos classificados serão contratados pela Prefeitura, por prazo determinado de 10 (dez) meses, podendo ainda ser prorrogado. Não haverá pagamento de taxa de inscrição.

Os contratos são para profissionais do magistério, áreas do Ensino Fundamental em suas etapas inicial e final e Especialista em Educação, com jornada de trabalho de 20 horas ou 40 horas semanais, podendo ocorrer em turnos diurnos e/ou noturno de acordo com a disposição do Edital, conveniência e necessidade da Secretaria Municipal de Educação de Paço do Lumiar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Prefeito de Paço do Lumiar se reúne com representantes do Instituto Ayrton Senna

O prefeito Josemar Sobreiro e a secretária municipal de Educação de Paço do Lumiar, Ana Paula Pires, se reuniram ontem com representantes do Instituto Ayrton Senna, com o objetivo de buscar parceria para a educação do município, reduzindo o analfabetismo, defasagem escolar e a evasão das salas de aulas.

Conforme explica a secretária, a intenção é buscar parceria do instituto para implementação dos programas de regularização de fluxo escolar – que é a correção da defasagem entre a idade e a série dos alunos, e a garantia da aprendizagem – e capacitação da gestão escolar no município. “Estamos buscando meios para melhorar cada vez mais a educação municipal, e trazer um parceiro com o know-how do Instituto Ayrton Senna, que já está há 20 anos no mercado trabalhando com projetos voltados para a educação, é muito bom para nosso município”, destacou Ana Paula.

“Paço do Lumiar apresenta altos índices de alunos com defasagem escolar, e estes programas emergenciais do instituto nos oferece alternativas para a correção do fluxo escolar, acelerando o aprendizado destas crianças, combatendo o analfabetismo nas primeiras séries e contribuindo para a diminuição da evasão escolar”, disse Josemar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Estado e municípios se unem em prol da educação do Maranhão

seminário1-640x361A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), promoverá, nesta terça-feira (28), o IV Seminário Educacional de Integração Estado e Municípios. O evento será realizado no auditório Paulo Freire, localizado na Universidade Federal do Maranhão (Ufma).

O evento tem como objetivo mobilizar, planejar e alinhar as políticas públicas educacionais tendo em vista a elaboração ou adequação dos planos decenais de educação dos sistemas municipais do estado do Maranhão.

O seminário contará com a presença do secretário de Articulação com os Sistemas de Ensino (Sase/Mec), Binho Marques, e do diretor de Cooperação e Planos de Educação (Dicope/Mec), Geraldo Grossi, que discutirão a importância do alinhamento entre os Planos Nacional, Estadual e Municipal de Educação na construção do Sistema Nacional de Educação.

O evento, ainda, terá palestra do assessor da Secretaria Nacional de Relações Político-Sociais da Presidência da República, Ubirajara Augusto, que falará sobre a Municipalização dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Além das palestras durante o Seminário, técnicos da Seduc ficarão à disposição dos prefeitos e secretários Municipais para prestar esclarecimentos sobre diversos Programas/Projetos/Ações de interesse dos Municípios.

 

Pacto Nacional

Durante o seminário será lançado oficialmente o Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio. Instituído no estado pela portaria nº 1.140, de 22 de novembro de 2013, o Pacto tem como objetivo promover a formação continuada dos professores e coordenadores pedagógicos que atuam no Ensino Médio da rede estadual de ensino, nas áreas urbanas e rurais.

As inscrições dos referidos profissionais serão realizadas pelos gestores das escolas, no site do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec), a partir deste mês.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Deputado Hemeterio Weba garante mais um ano de funcionamento de escola em Presidente Médici

DSC_0496

A Escola Santa Teresa pertence à Associação de Moradores do Município de Presidente Médici e conta com o apoio financeiro do Deputado Hemeterio Weba (PV) há três anos. Na tarde de terça-feira (17), o deputado Hemeterio Weba, o Secretário de Educação Pedro Fernandes e o líder político Emilio Weba assinaram o terceiro Convênio de Cooperação Técnica com a SEDUC para o funcionamento da escola que há mais de 20 anos forma professores na região. Além do Convênio que garante a equipe de professores e técnicos do Estado, o deputado Hemeterio Weba destinou 150 mil reais em verbas parlamentares para a manutenção da escola Santa Teresa.

“A escola Santa Teresa é referência em educação na Região do Alto Turi. Forma profissionais competentes que, na maioria das vezes, voltam para o município e ajudam na formação de outros jovens. Sem educação de qualidade é impossível melhorar a vida do povo. Eu me sinto, mais uma vez, honrado em poder ajudar a escola e em especial os moradores de Presidente Médici”, declarou o deputado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

MEC divulga a lista de cursos suspensos; Veja a lista do Maranhão

mec-modifica-calculo-nota-curso-superior-noticias

O MEC (Ministério da Educação) publicou na manhã desta sexta (6) a lista com os cursos que tiveram seus vestibulares suspensos, após avaliação insatisfatória. No Maranhão foram sete cursos suspensos de 4 Faculdades, porém destes somente um é da capital, caso da Faculdade Estácio São Luís, que teve o curso de Ciências Contábeis com nota insuficiente e foi suspenso.

No Brasil dos 270 cursos de ciências humanas e sociais aplicadas, 103 são cursos de administração, 38 de direito, 51 de ciências contábeis e 16 de comunicação social. Cursos tecnológicos de gestão e negócios, apoio escolar, hospitalidade e lazer, produção cultural e design que tiveram notas repetidas abaixo da mínima exigida pelo ministério (3) também serão punidos.

Deixarão de ser ofertadas 44.069 vagas no vestibular de verão do próximo ano dos cursos que tiveram pela segunda vez notas baixas na avaliação do MEC.

Confira a lista dos cursos suspensos no Maranhão:
 
Faculdade Estácio São Luís – Ciências Contábeis
Faculdade de Imperatriz – Ciências Contábeis
Faculdade Vale do Itapecurú – Ciências Contábeis
Faculdade Vale do Itapecurú – Direito
Faculdade São José dos Cocais – Administração
Faculdade São José dos Cocais – Ciências Contábeis
Faculdade de Imperatriz – Administração

Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Finalmente prefeitura de Santa Inês resolve convocar aprovados em concurso

Depois de muita briga e até o MP intervir, a prefeitura de Santa Inês publicou o Edital número 010/2013 em que convoca candidatos classificados no Concurso Público 001/2011, realizado para provimento do quadro de pessoal na área da Educação. Os candidatos convocados deverão se apresentar no prazo de 20 dias, munidos de documentação para investidura nos cargos.

convocados0

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A ÍNTEGRA DO EDITAL

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.