Educação

Por falta de segurança, escola municipal é alvo de vândalos

Segundo informações de professores da escola, o salário dos vigilantes está atrasado. Em decorrência disso, eles vigiam a escola somente nos dias de semana.

Pela segunda vez a Unidade de Ensino Básico Prof. João de Sousa Guimarães, localizada na Avenida Argentina, no bairro da Divinéia, foi invadida por vândalos. A ação criminosa se deu na madrugada desta fim de semana e a escola está sem segurança.

Segundo informações de professores da escola, o salário dos vigilantes está atrasado. Em decorrência disso, eles vigiam a escola somente nos dias de semana.

Os bandidos aproveitaram a falta de vigilância para invadir a escola. Eles entraram por uma janela quebrada na parte de trás do prédio e se seguiram até a secretaria escolar. Foram levados da escola dois computadores, microfones, projetor, aparelho de som e outros equipamentos eletrônicos.

As janelas de vidro foram quebradas e o patrimônio foi depredado. O diretor da unidade de ensino diz que prejuízo chega a 10 mil reais, além de perdas patrimoniais e documentais.

Por causa do crime, não houve aula nesta segunda-feira (30),

A Unidade de Ensino Básico João de Sousa Guimarães já foi fechada e ficou sem aula por vários dias após ser invadida por vândalos. A escola teve aparelhos de som, TV, DVD e outros objetos roubados.

A segurança no local é falha, e os bandidos não se intimidam nem com o fluxo de pessoas que passa pelo local, nem com a câmera de monitoramento situada a alguns metros de distância da escola.

A insegurança fez com que as aulas no colégio fossem suspensas, causando incômodo nos pais e nos alunos.

Unidade de Ensino Básico João de Sousa Guimarães

Unidade de Ensino Básico João de Sousa Guimarães


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários