Educação

Professores protestam contra prefeito de Imperatriz

Mas 30% estão funcionando parcialmente, apenas em um turno e 20% encontram-se com aulas regulares.

Foto: Tátyna Viana/ Imirante Imperatriz

Foto: Tátyna Viana/ Imirante Imperatriz

Hoje(22) pela manhã professores da rede municipal de ensino se reuniram na frente da casa do prefeito Sebastião Madeira, para reivindicar reajuste salarial de 15%, e reforçaram o movimento grevista que já dura mais de uma semana.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Educação (STEEI), 50% das escolas municipais paralisaram as atividades, como a pré-escola Juracy Conceição, a escola Costa e Silva no bairro Nova Imperatriz, colégio Frei Manoel Procópio, no setor Beira Rio. Mas 30% estão funcionando parcialmente, apenas em um turno e 20% encontram-se com aulas regulares.

Além do reajuste salarial os servidores municipais reivindicam, também, vale-alimentação de R$250, para os professores e para os demais o valor passa para R$150 . A prefeitura de Imperatriz ofereceu contraproposta de 6% de reajuste, que foi enviada em forma de Lei para a Câmara dos Vereadores, com previsão de votação nessa quinta-feira. (Do Imirante).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários