Cultura

Grupos folclóricos prestam homenagens a São Pedro

Dia de São Pedro e penúltima noite do “São João dos 400 anos” a sexta-feira (29) começou e encerrou com os grupos folclóricos prestando homenagens ao santo católico nos vários terreiros juninos de São Luís. A festança continua neste sábado (30), na Praia Grande e no Parque Folclórico da Vila Palmeira. No Arraial da Lagoa, as apresentações de brincadeiras seguem até 8 de julho.

Cacuriá de Dona Teté chamou a atenção do público pela sensualidade da dança

Cacuriá de Dona Teté chamou a atenção do público pela sensualidade da dança

Na sexta-feira (29), nos Vivas do Anjo da Guarda, Bairro de Fátima, Estiva, João Paulo, Liberdade, Praça da Saudade e Vila Embratel, que fizeram parte do circuito coordenado pela Secretaria de Cultura do Estado (Secma), a programação do Governo do Estado foi até a madrugada deste sábado (30), Dia de São Marçal.

Já a Praia Grande foi palco de brincadeiras como o Boi da Lua, de orquestra, que presenteou o público com uma apresentação de gala que encerrou com a toada “Boi da Lua”. “Foi uma espécie de homenagem a São Luís, pelo seu quarto centenário”, afirmou o cantador Washington Coelho, que também é presidente do grupo.

A brincadeira cumpriu uma agenda cheia em São Luís, com até cinco apresentações por noite nos arraiais. Segundo Washington Coelho, foram 18 dias de estadia na capital. Neste sábado, o grupo viaja para se apresentar no município maranhense de Coroatá. “Este ano, o São João foi muito bonito, muito bem organizado. A Secretaria de Cultura do Estado está de parabéns”, declarou.

Outro grupo que chamou a atenção do público presente à Praia Grande foi o Boi Mimoso da APAE, de orquestra, e composto por quase 40 brincantes com síndrome de down. Há 15 anos que a brincadeira faz parte da programação junina do Governo do Estado.

Ritmos regionais, como o xote, o baião e o carimbó, foram levados pelo cantor Mano Borges para animar o público do Canto da Cultura, que dançou durante toda a apresentação do artista. Borges fez ainda homenagens a Luiz Gonzaga, João do Vale e aos cantadores Chagas do Boi da Maioba e Humberto de Maracanã. “Esse arraial do Centro Histórico está maravilhoso”, destacou o cantor.

O Cacuriá da Dona Teté, comandado pela cantora Rosa Reis, não deixou ninguém parado. Maranhenses e turistas movimentaram o corpo ao som das caixeiras do grupo que, como sempre, deram o ritmo da festa. “Adoro essa dança e gosto muito das apresentações do grupo.São muitos bons, não tem como ficar imóvel”, disse a comerciária Maria da Penha Ferreira Silva.

São Marçal

Neste sábado (30), outra festa que recebe apoio do Governo do Estado e que acontece desde as primeiras horas no João Paulo, é o tradicional Encontro de Bumba Meu Boi de Matraca, no Dia de São Marçal. Sem hora pra terminar, a festança terá a participação de 40 bois do sotaque de matraca, além de outros grupos folclóricos.

Após passar pelo “corredor” junino do João Paulo, as brincadeiras retornam aos arraiais espalhados pela cidade para encerrar com chave de ouro a programação do “São João dos 400 anos”.

Praia Grande

Neste sábado (30), a partir das 19h, a programação do “São João dos 400 anos” encerra com as apresentações das seguintes brincadeiras: Boi Unidos de Santa Fé, Nina Rodrigues, Boizinho Barrica, Boi Encanto da Ilha e show com Papete, na Praça Nauro Machado; Boi de Barbosa, Grupo Folia Junina, Boi Encanto do Olho D´Água, Boi de Teodoro e show da Máquina Du Tempo, no Canto da Cultura; Cacuriá da Marize, Cacuriá da Tia Dina, Dança Portuguesa Encanto de Portugal da Estiva e Dança Cordão do Pássaro Colibri, na Praça Valdelino Cécio; Boi Sempre Vivo, Boi de Palmeirândia, Boi de Orquestra Promessa de São João e Boi Estrela de São João, na Casa do Maranhão; e os tambores de crioula de Antônia Seguins, Wendell, Dona Nerides, Crateús e Izabel, na Praça da Faustina.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários