Crime

Comissário da Polícia Civil é preso acusado de integrar grupo criminoso

Uma operação deflagrada pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (SECCOR), culminou na prisão de um comissário da Polícia Civil, Eduardo Daniel Ribeiro, em Igarapé do Meio. Ele é acusado dos crimes de concussão, associação criminosa e receptação e era lotado na Delegacia Regional de Santa Inês.

A ação ocorreu nas cidades de Santa Inês, Santa Luzia e Igarapé do Meio.

Segundo informações policiais, Eduardo faz parte de um grupo que tem como integrantes o policial militar reformado José Alves dos Santos e o Jose Raimundo Alves dos Santos, irmão do PM, que já exerceu as funções de carcereiro na Delegacia de Santa Luzia. Os dos últimos estão foragidos.

A operação também cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do PM reformado, onde foi encontrada uma arma do tipo pistola e motocicletas.

Em investigação conduzida pela Seccor, foi constatado que os criminosos exigiam valores de proprietários de motocicletas que haviam sido roubadas para que estes tivessem seus veículos restituídos.

O mesmo grupo já havia sido investigado pela Seccor, no ano de 2016, acusados de exigir dinheiro de receptadores de motocicletas roubadas para que os não fossem presos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários