Crime

Preso mais um envolvido no “golpe do WhatsApp”

Na terça-feira (24), Rudson Januário Serra foi preso pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais por envolvimento no “golpe do WhatsApp”, em São Luís.

Segundo informações, o golpista estava no condomínio Ecospace II, no Anil, quando foi detido. Ainda de acordo com a polícia, Rudson era o único da quadrilha comandada por Leonel Silva Pires Júnior que estava foragido.

O bando identificado como “golpe do WhatsApp” fazia clonagem de chips de políticos do Legislativo e Executivo tanto estadual quanto nacional com a utilização do aplicativo do WhatsApp. Entre as vítimas, a Governadora do Paraná, Deputado Adriano Sarney e Ministros de Estados do Governo Federal.

Os demais envolvidos continuam presos: Leonel Silva Pires Júnior, Erick Rapahel Reis Teixeira, vulgo Civi; Ivalnilde Nogueira Amaral; Eloah Christina Araújo Machado, Marksuel Pereira de Sousa, Ana Lúcia Miranda Rocha e Thatielle Cristina Cordeiro Silva.

Além dos que já foram presos, outras pessoas foram identificadas e indiciadas por participação na mesma quadrilha.

Rudson foi levado para a sede da SEIC, no Bairro de Fátima e após as formalidades legais foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerá à disposição da Justiça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários