Crime

Homem é preso acusado de ser mandante da morte de empresário em Imperatriz

Nesta quarta-feira (27), a Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), o DCRIF/SEIC e o Serviço de Inteligência da SSP prenderam Raimundo Rômulo de Sousa, vulgo Pastor, em Imperatriz.

A prisão foi em decorrência ao cumprimento de dois mandados de prisão preventiva expedidos pelos juízes da Central Inquérito e Custódia de Imperatriz e pela 1ª Vara Criminal de São Luís.

Segundo informações da polícia, no dia 27 de abril de 2017, o empresário Valdiney Pereira da Silva, 41 anos conhecido como “Ney da Padaria”, que era proprietário da ‘Panificadora Todas Tortas’, foi morto pelos policiais militares Cabo Wilson Castro do Nascimento e Soldado Hermano Lima de Queiroz a mando de Raimundo.

Os PMs estão presos no Comando Geral em São Luis.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários