Crime

Autoria do assassinato do ex-prefeito Nenzim ainda é desconhecida

A polícia ainda não tem pistas sobre os autores do assassinato do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, conhecido como “Nenzim”, o qual foi morto a tiros no início da manhã desta quarta-feira (6), na cidade de Barra do Corda.

Segundo informações do delegado Dicival Gonçalves, superintendente de Polícia Civil do Interior, o crime aconteceu por volta das 6h30, quando o ex-prefeito estava com o seu lho, Mariano Júnior, dentro de um carro, na parte do carona. “Nenzim” foi alvejado com dois tiros na nuca.

Assim como a autoria, as motivações do crime ainda são desconhecidas. Ainda de acordo com o delegado Dicival Gonçalves, após tomar conhecimento do fato, a Superintendência de Polícia Civil do Interior enviou equipes de investigadores para Barra do Corda, para ajudar nas investigações. A Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa também enviou uma equipe, além disso, o secretário de Segurança Pública, o delegado Jefferson Portela,
viajou ao local para dar apoio.

“Todos os esforços estão sendo realizados no intuito de esclarecer esse crime. Estamos investigando a motivação, mas não há, ainda, informações nesse sentindo. Esse foi um crime que abalou a região de Barra do Corda e nós estamos trabalhando para identificar e prender os autores”, declarou o delegado.

Do Imirante


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Autoria do assassinato do ex-prefeito Nenzim ainda é desconhecida”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. José Iran

    Nada justifica tal barbárie mas,mesmo sem conhecer esse senhor e pelo que lí à respeito,inclusive de operações da P.F. etc.,ele tinha muita gente para acertar contas.Repito,nada justifica tal ato.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários