Crime

Homem é preso acusado de apreender carros com falso mandado de busca

IMG-20170920-WA0000

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), conseguiu cumprir na tarde da última segunda-feira (18) o mandado de prisão preventiva de Uruan Guaçu Cordeiro de Melo, de 26 anos, suspeito de integrar uma organização criminosa que aplicava fraudes na capital.

Segundo o delegado Fernando Guedes, o preso é suspeito de compor um bando de criminosos que atuava na cidade, onde se passavam por oficiais de justiça, sempre mediante a falsos mandados de busca e apreensão e logo subtraíam os veículos das vítimas.

A prisão foi autorizada pela Central de Inquéritos da comarca de São Luís e executada no bairro do Belira.

O suspeito foi encaminhado à sede da DRFV para prestar seu depoimento, onde foi autuado pelos crimes de associação criminosa, furto qualificado mediante fraude. Em seguida o mesmo foi recambiado ao Centro de Observação Criminológica e Triagem de Pedrinhas


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Homem é preso acusado de apreender carros com falso mandado de busca”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Gilberto

    Em 2012 quase cai nesse golpe, tinha um siena e atrasei algumas prestações!
    Quando estacionei no Shopping São Luis foi trancado por um Clio e desceu um “oficial de justiça” com um mandado de busca e apreensão e que levaria o carro!
    Eu falei que estava negociando com o escritório de cobrança (conceituadissimo por sinal, aqui e no Ceará) pra quitar o carro e ele falou pra eu ligar pra peesoa com quem eu estava negociando liguei e o mesmo falou que estava passando por coincidência bem em frente ao shopping e iria encostar!
    Chegando ele disse que iria conversar com o oficial e logo depois retornou com uma proposta de devolvolução do carro e zerar minha divida, proposta essa que foi atendida prontamente!
    Quando estava tirando as coisas do carro, meu celular toca e falei da situação pra um amigo, ele disse que olharia o site do TJMA, e me avisou que lá não constava a informação de MANDADO emitido, que era pra eu ir no Fórum confirmar a informação!
    Quando sugeri isso o “pseudo-oficial” disse que iria chamar a policia porque eu não queria entregar o carro e obedecer uma ordem judicial!
    Falei que o carro ficaria lá,… mas que eu não entregaria a chave e nem o documento até confirmar!
    Resultado, o funcionário do escritório de cobrança conversou com o “oficial” e resolveram me dar um prazo pra entregar o carro!
    No dia seguinte recebo uma ligação desse ecritório de cobrança (do escritório mesmo, não do funcionário que tentou me aplicar um golpe) perguntando se eu quitei o carro! Perguntei como assim? E pra minha surpresa, a pessoa que me ligou me diz: – O FULANO DE TAL pegou um boleto pra quitação ontem a tarde aqui que tu tinha solicitado pra quitar o carro!

    Só a titulo de informação, não sei se o caso é uma prática comum do escritório de cobrança ou do referido funcionário! Pois no dia seguinte quando ligaram querendo saber se paguei o boleto que tinham me enviado, e eu contei o ocorrido, mandaram eu não tratar mais nada com ele, que isso não era procedimento,… Porém, o diabo é tão moleque que eu e esse cidadão estudamos na mesma faculdade, e até hoje ele usa a mesma “farda do dia que tentou me aplicar o golpe”.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários