Crime

Presos na operação Jenga são apresentados na SSP

C_AS8oOXUAEJHvL

Neste momento, 18 pessoas estão sendo apresentadas na sede da Secretaria de Segurança Pública, em São Luís, por integrar uma quadrilha de lavagem de dinheiro em postos de combustíveis comandada por osival Cavalcante da Silva, Pacova. O esquema tinha participação também de Prefeituras.

Samia Lima Awad; Thamerson Damasceno Fontenele; Simone Silva Lima; Josival Cavalcanti da Silva, o Pacovan; Edna Maria Pereira; Rafaely de Jesus Souza Carvalho; Creudilene Souza Carvalho; Ilzenir Souza Carvalho; Adriano Almeida Sotero; Geraldo Valdonio Lima da Silva; Lourenço Bastos da Silva Neto; José Etelmar Carvalho Campelo; Renato Lisboa Campos; João Batista Pereira; Kellya Fernanda de Sousa Dualib; Manassés Martins de Sousa; Jean Paulo Carvalho Oliveira; Francisco Xavier Serra Silva.

Foram cumpridos 35 Mandados de Busca e Apreensão e 20 Cumprimento de Prisão. Destes, já foram presos 18 pessoas, sendo 16 em São Luís e 02 no município de Itapecuru.

As prisões deram-se por conta de crimes de lavagem de dinheiro usando laranjas, em transações comerciais fictícias, fraude, usura em licitação. Eles usavam postos de combustíveis, construtoras e demais empresas.

Segundo a Polícia, o esquema de lavagem montado pelo empresário pode ter movimentado mais de R$ 100 milhões. Os recursos, em sua maioria, seriam oriundos de “contratos” fraudulentos com Prefeituras.

O crime nos postos funcionava demonstrando uma venda por um valor maior do que realmente tinha sido o negócio. Com isso, Pacovan conseguia justificar recursos ilegais.

As investigações da Polícia Civil que resultaram na operação de hoje desenrolam-se há cerca de um ano.

A megaoperação contou ainda com o apoio operacional da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), A Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), a Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), e a Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), ICRIM e LAB.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários