Crime

Polícia apreende R$ 22 mil manchados de tinta supostamente frutos de roubo

Na última terça-feira, o grupo de serviço avançado da DIAE, juntamente com o serviço avançado do 1º BPM, Marcos Paulo da Silva, vulgo gordo, foi preso por suspeitas de falsificação de documentos, no bairro do João Paulo, em São Luís.

Segundo informações policiais, a prisão do gordo foi possível após denúncia anônima.

Ainda de acordo com a PM, a falsificação de documentos e dinheiro era cometido dentro da residência do conduzido.
No local, foram encontrados em um depósito plástico a quantia de R$ 22.700 mil em notas de 100 reais, todas manchadas de tinta vermelha, provavelmente de estouro de caixas eletrônicos; diversos documentos falsos e outros limpos; produtos químicos; 46 pendrives; 01 veículo Corolla preto, placa LWI 4728; 01 placa de moto constando como roubada; 05 celulares; 02 relógios de pulso e vários equipamentos de informática.

Após a prisão, Marcos Paulo foi encaminhado para a sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), localizada no Bairro de Fátima, em São Luís.

IMG-20170405-WA0003

IMG-20170405-WA0004


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários