Crime

Ex-prefeita de Dom Pedro é presa por desvio de verbas e agiotagem

Na ocasião, também foi detida a empresária Débora de Oliveira Amaral.

DP

A ex-prefeita do município de Dom Pedro, Maria Arlene Barros, foi presa, na manhã desta quinta-feira (19), durante a segunda fase da Operação Imperador, deflagrada pela Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor). Na ocasião, também foi detida a empresária Débora de Oliveira Amaral.

As duas são suspeitas de cometer crimes de agiotagem e desvios de verbas públicas na Prefeitura de Dom Pedro. Durante toda a manhã, serão cumpridos 14 mandados judiciais pelo interior do Maranhão.

Maria Arlene Barros é investigada pelo envolvimento em esquemas de agiotagem para fraudar licitações naquela cidade. De acordo com as investigações, mais de R$ 5 milhões foram desviados da prefeitura entre 2009 e 2012. O filho, Eduardo Costa Barros, conhecido como ‘Eduardo Imperador’ – apelido que deu nome à operação da Polícia Civil –, também é suspeito de fazer parte do esquema, e chegou a afirmar que o dinheiro que apareceu em sua conta bancária teria origem de um ‘erro’ da instituição.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Ex-prefeita de Dom Pedro é presa por desvio de verbas e agiotagem”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Otávio Feitosa da Silva Filho

    Essa sim, é a verdeira causadora da crise brasileira. Quando se fala: falta SAÚDE, falta EDUCAÇÃO, falta SEGURANÇA, etc., muitos dizem simplesmente que isso é comum pois está acontecendo em todo PAÍS, mas, também devam concordar que esses ATOS cometidos por esses MAUS GESTORES, através desses desvios de recursos públicos para enriquecimento próprios, também são comuns em todo o PAÍS, ou melhor dizendo nos quase 5.570 municípios brasileiros. ISTO É, UMA VERGONHA!!!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários