Crime

Família será indenizada por morte de jovem em ação da polícia

Familiares do jovem Fagner Barros dos Santos, de 19 anos, morto no último dia 13 de agosto em ação de reintegração de posse em um terreno na Vila Luizão, reuniram-se com representantes da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), na tarde da última terça-feira (1º. de setembro).

O Secretário Adjunto de Direitos Humanos Igor Almeida e o Superintendente de Proteção e Promoção dos Direitos Humanos Jonata Galvão receberam os familiares de Fagner, apresentando a proposta de um acordo extrajudicial. O governador Flávio Dino encaminhará à Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão minuta de lei concedendo pensão especial à viúva de Fagner, de modo a manter a renda e as condições de vida da família.

Um levantamento está sendo feito para realizar repasse a título de indenização, pelo Estado. “Esta é uma demonstração de que o Estado reconhece o erro na operação e apresenta à família tais medidas de reparação”, declarou Igor Almeida.

As autoridades lembraram o caso Gerô para exemplificar à família o que significará a pensão concedida pelo Estado. O artista popular Jeremias Pereira da Silva, o Gerô, foi torturado até a morte por policiais militares em 22 de março de 2007 – em 2008, na data, foi instituído o Dia Estadual de Combate à Tortura.

Relembre o caso

Fagner foi executado a tiros pelo cabo da Polícia Militar Marcelo Monteiro dos Santos, durante uma operação de desocupação de um terreno. A Polícia Militar estava fazendo a retirada de invasores do terreno quando o policial, que integrava a operação, disparou um tiro na testa da vítima, que morreu no local.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

4 comentários em “Família será indenizada por morte de jovem em ação da polícia”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. luis ximenes barros

    gostaria de caber pois nos exames balisticos as armas dos policiais foram periciadas e os riros não partio das armas dos policiais porque comtimuam poblicando que foi o policial que matou?

  2. netoferreira

    Na verdade essa matéria é institucional do site do Tribunal de Justiça.

  3. cobra

    SE FOSSE UM PM QUE TIVESSE SIDO A VITIMA SERÁ SE TINHA INDENIZAÇÃO, DUVIDO

  4. Melissa39

    Quem foi que disse que o tiro saiu da arma do policial?? Ninguém comenta que tinha gente da invasão armada, os familiares comentam que foi ele que atirou, mais como?? Se como a mesma quantidade de balsas que ele registrou no quartel, foi a mesma encontrada em sua arma?? Na verdade a comunidade ja tem essa imagem que a policia mata e fica por isso mesmo, mais esquecem que quando o policial tira sua farda, ele é uma pessoa comum como qualquer um.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários