Crime

Fantástico repercute caso de linchamento em São Luís

O caso de Linchamento levou Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, à morte

O caso de Linchamento levou Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, à morte

O Fantástico exibiu ontem (12), uma reportagem especial sobre o caso que levou a óbito Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, morto após ser linchado por moradores quando tentava assaltar um bar, no bairro do São Cristóvão.

Na matéria, foram revelados dados dos outros casos que já ocorreram no estado – 30, desde o início do ano. Na mesma semana dois foram registrados na região metropolitana e um em Imperatriz. A reportagem fez um desfecho da situação mostrando que Cledenilson não tinha passagem pela polícia e, que a intenção dos moradores ao cometer a barbárie não era matá-lo, apenas assustar. O que não aconteceu dada a tamanha revolta com a insegurança.

O menor, de 17 anos, que estava junto com o rapaz ainda se recupera dos ferimentos e disse que vai voltar a estudar. Ele foi expulso do colégio, quando ainda cursava a 5ª série do Ensino Fundamental, ao participar de uma “guerra” de frutas no pátio da escola.

Após torna-se um viral em aplicativos de mensagens e nas redes sociais, o crime chocou a população e o Deputado Federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), falou a respeito chamando os maranhenses de psicopatas em seu perfil na internet. Depois, a equipe de assessoria do deputado enviou uma nota de esclarecimento enfatizando que fazer “justiça com as próprias mãos” é vista por muitos, hoje, como uma “alternativa à ineficiência do Estado”; como algo “justificável” diante da violência.

A polícia está investigando e quatro suspeitos de participar do espancamento já foram identificados. O comércio que foi alvo da tentativa de assalto está com as portas fechadas e os moradores próximos à localidade não falam sobre o assunto. Outro fato que está sendo investigado é do policial que aparece nas imagens filmando a cena do crime, sem prestar socorro às vitimas. Contra ele será aberto uma sindicância para apuração.

O questionamento que fica sobre a repercussão nacional é quanto a resposta dos governantes à sociedade, visto que no Maranhão tem o menor efetivo de polícias em todo território nacional. A média é de um policial para cada 892 habitantes. Que não se torne penas mais um fato isolado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

4 comentários em “Fantástico repercute caso de linchamento em São Luís”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. zulene noberto

    Não entendi pq tanta ênfase. Nesse caso. Querem culpar o governo do estado a qualquer custo. Essa onda de assaltos. É por conta da crise nacional. As demissões em todos os setores da economia. Não tem como ter um segurança para cada cidadão. Esses linchamentos é resultado do descrédito na justiça. Se a justiça punisse comodeve ser. NNão estaria assim. Soltam esses vagabundos no natal. no dia das mães. Esses malad só tem família quando estão presos. Quando tão soltos voltam a roubar. Tem que acabar com isso. Se gostasse da família não estaria na vida do crime. A maioria rouba p comprar drogas.

  2. gatozé

    o Maranhão tá idade média

  3. EDMILSON MOURA

    É TRISTE VER ESSA CENA.

    É Complicado a situação desse nosso país. Para podermos ter algum argumento sobre se a população está certo ou errada, nós teríamos que saber por qual motivo ele roubou, talvez seja por safadeza ou roubou para poder comer, sei que alguns devem pensar da seguinte forma: “Se for para comer é melhor pedir do que roubar”. Mas, nem sempre as coisas funcionam desse jeito, as vezes roubou para comprar remédio para alguém necessitado em sua família ou algo parecido. Enfim, não estou apoiando o ladrão e nem a sociedade.

    Cadeia está aí para o cara se ressocializar. Acho que para todas as coisas tem um jeito. Justiça com as próprias mãos?. sem respeito as leis? qual vai ser o parâmetro para se dizer o que é certo e o que é errado? você? eu? com sua ideia de justiça popular iremos nos tornar vermes piores do que esse marginal. Precisamos é de um estado eficiente. E quem pode mudar isso é a população não só escolhendo de forma consciente seus representantes mas com atitudes e ideias, que transformem esse estado esse pais , com oportunidades iguais para todos.

    Para concluir. Quantas pessoas acordam cedo para trabalhar. Mais roubar para colocar comida na mesa não é justificativa. O cara pode muito bem capinar uma roça ou roçar e ganhar um dinheiro, vigiar carro, estudar para passar em um concurso publico. Acho que foi um exagero, isso que foi feito.

    Edmilson Moura.
    Blog REBELDE SOLITÁRIO

  4. Observadordepirata

    QUEM PROCURA, ACHA…

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários