Crime

Gestão de Edivaldo Júnior vira caso de Polícia

Cidadão denuncia cobrança irregular no Cemitério de Santa Barbara.

Edivaldo Holanda Júnior.

Edivaldo Holanda Júnior.

Na administração de Edivaldo Holanda Júnior tudo acontece como – por exemplo -, a cobrança de R$ 3 mil reais para sepultar defunto no cemitério de São Luís.

A cobrança irregular foi denunciada à polícia pelo soldador Lenilson Diniz Silva, através de um Boletim de Ocorrência registrado, no dia 09 de dezembro de 2013, na Delegacia do São Raimundo.

No documento, consta que o administrador do cemitério de Santa Bárbara, que tem o serviço terceirizado pela empresa Empreendimentos São Marcos Ltda., teria cobrado uma taxa de R$ 3 mil reais para poder realizar o sepultamento. O fato revoltou o soldador que fez o gestão do petecista virar caso de policial.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

7 comentários em “Gestão de Edivaldo Júnior vira caso de Polícia”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Cadê a verdade

    A matéria foi tão mal apurada que diz que é um soldador e mais abaixo a mesma pessoa é chamada de militar. Como é que alguém acredita em notícias divulgadas por um blog que tenha a clara intenção de fazer criticas, sejam elas verdadeiras ou não, não estão se quer preeocupados com as cidadãos e seus direitos. Trata-se de um mero jogo político.

  2. Ruy Bento

    Estão inventando histórias e cavando coisas para denegrir a imagem do prefeito Edivaldo Holanda Jr, visando a ñ reeleição do mesmo.

  3. João Viniciues

    Mas tudo nesse estado é caso de polícia, tiramos pela governadora que temos. Mas falando sobre o acontecido não cabe ao prefeito culpas ou dedos na cara, pois a empresa que está na administração à frente do cemitério é desde a época de Caostelo, os responsáveis por tal cobrança é a empresa empreendimentos São Marcos, pois é eela que estar fazendo a cobrança indevida, ela que estar exigindo preços altos em momentos tão tristes de uma pessoa. a empresa que deve ser responsabilizada e nao a prefeitura.

  4. Orlando Modesto

    Rapaz, vamos procurar apurar melhor as circunstâncias antes de sair falando o que não é verdade. Se estiver acontecendo esse tipo de irregularidade, tenho certeza de que Edivaldo não mandou fazer isso. É bem obra desse ganancioso administrador do cemitério que está querendo ganhar dinheiro fácil por conta própria. Se alguém tem que ir a polícia, que seja esse espertão aí. Cara, to pra ver uma galera tão mais tendenciosa nesta cidade. O que puderem fazer para ligar a imagem do prefeito em algo ruim, vão fazer sem pensar duas vezes!!!

  5. João Goullart

    Que se deve apurar os fatos é óbvio.
    MAs sem jogo político, devemos mesmo observar o que está acontecendo debaixo dos nossos olhos, São Luís está um caos, aliás, continua. Tenho certeza que O Sr. Prefeito não mandou cobrar taxas exorbitantes pelos serviços, mas se o serviço é de responsabilidade da Prefeitura o prefeito tem responsabilidade sobre quem ele coloca para exercer certas funções. Se são pessoas incompetentes, mal intencionadas ou coisa do tipo, claro que a responsabilidade não é minha.

  6. Valeria Silva

    Altamente tendenciosa essa manchete! A administração dos cemitérios públicos passam pela prefeitura sim, e qualquer problema em relação a isso deve ser avaliado para que providências sejam tomadas como em qualquer autarquia pública.

  7. Jr.

    Alguém acredita em coisas ditas por fabio camara??? Que homem sharlock homes e esse que so vive descobrindo furo todo dia?? Gente, sério…dúvido muito disso aí, MUITO MESMO.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários