Crime

Avô de criança queimada em ônibus morre de infarto ao receber a notícia

Ana Clara: vítima da ação de criminosos que tocaram fogo em ônibus

Ana Clara: vítima da ação de criminosos que tocaram fogo em ônibus

Morreu de infarto fulminante na manhã deste domingo (5) o avô das meninas que foram queimadas durante incêndio a ônibus em ataques promovidos por bandidos na noite da última sexta-feira (3).

Dasico Rodrigues da Silva, de 80 anos, morreu ao saber do que havia acontecido com a família e constatar que o estado da neta, que teve 95% do corpo queimado, é gravíssimo.

Ana Clara,  de seis anos, estava em companhia da mãe e da irmã Lohana, de um ano e cinco meses, num ônibus  na Vila  Sarney Filho quando foram vitimas de criminosos que atearam fogo no local. As três ficaram feridas.

A criança de um ano apresenta queimadura em 20% do corpo em pernas e braço esquerdo. A mãe das meninas, de 22 anos, tem 40% da área do corpo queimada e está internada em unidade intermediária e já passou por procedimentos médicos no inicio da tarde deste domingo.

As crianças permanecem internadas em estado grave, com queimaduras por todo o corpo, no Hospital Estadual Juvêncio Matos.

Os dois adultos, que também sofreram queimaduras, foram transferidos para o Hospital Tarquínio Lopes e também seguem com o quadro grave.

Um deles é Márcio Ronny da Cruz, de 37 anos.  Ele teve 72% do corpo queimado por que demorou para sair do ônibus ajudando a retirar uma das duas crianças que estavam no veículo.

Com informações do Blog do Luis Cardoso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários