Crime

Justiça proíbe pagamentos e novas adesões ao Telexfree

A promotora Nicole Gonzalez deu uma entrevista coletiva onde explicou o que levou o MPE a formalizar a denúncia.

A 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco julgou procedente uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Acre, e suspendeu os pagamentos e a adesão de novos contratos à empresa de marketing multinível Telexfree até o julgamento final da ação principal, sob pena de multa diária de R$ 500 mil.
De acordo com o MPE, os donos da empresa são suspeitos de montar uma pirâmide financeira. A decisão foi divulgada no final da tarde desta terça-feira (18).

Nesta quarta-feira (19) a promotora de Defesa do Consumidor, Nicole Gonzalez, deu uma entrevista coletiva onde explicou o que levou o MPE a formalizar a denúncia. De acordo com ela, a Telexfree no Brasil estaria fazendo o recrutamento de investidores e criando um esquema de pirâmide sob o disfarce de marketing multinível.

“Existem empresas de marketing multinível já consolidadas no mercado como a Herbalife, Mary Kay e Tupperware. Elas trabalham com esse sistema, no caso da Telexfree o interesse não é vender os produtos, mas recrutar novas pessoas”, explica. Ela acredita que cerca de 70 mil pessoas possuem contratos com a Telexfree no Acre.

Nicole diz que o foco da Telexfree no Brasil não é a venda de produtos ou serviços, mas a adesão de novas pessoas para alimentar o sistema de pagamento. Ela argumenta que o suposto produto oferecido pela Telexfree, um software para realização de ligações pela internet, deve ser comprado em kits. (Do Globo.com).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

4 comentários em “Justiça proíbe pagamentos e novas adesões ao Telexfree”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. toninho

    desde o inicio eu me senti envergonhado de residir em um pais (casa da mãe Joana) onde uma empresa instala e faz negócios na ordem de rendimentos de 33% ao mês e não temos governantes ou justiça para proteger o povo e tomar medidas ate mesmo uma criança saberia se tratar de estelionato…e essa telexfree esta ativa a mais de ano ou esses governantes são BURROS ou corruptos ou quem sabe ate as duas coisas…Bernard Madoff foi preso nos USA por uma pirâmide que rendia apenas 1% ao mês e nesse pais dessa presidente e demais corjas do legislativo e judiciário suporta esses 33% ao mês isso e uma vergonha senhores governantes ou melhor seus corruptos despreparados.

  2. Marcos

    eu acho vergonha é essa promotora, o povo ta entrando e recebendo bem pelos seus trabalhos de divulgação para a telexfree, se fosse analizar enriquecimento ilicito, deviamos fechar tudo quanto é empresa, acho uma vergonha é levantar pessoas que nao estao no sistema, nao entendem nada do sistema e so fala abobrinha. pior ainda tem gente q acredita no q dizem.

    Telex Free ja voou e vai continuar voando muito mais ainda.

  3. Lucas

    Gostaria de dar minha opinião relativo ao Marketing Multinivel e com relação a vantagem sobre a Telexfree é que a BBom não precisa de pagar 20% para se cadastrar no término do contrato. Portanto é melhor e mais sustentável porque trabalha com um produto melhor. E também entrei numa rede grande e forte http://www.bbomja.com.br

  4. Adilson

    gostaria de saber porque deixaram abrir uma empresa que dizem ser fraudulenta, abrir conta no bco do brasil, e trabalharem um ano e meio quase, deixar tomar esta proporção para depois interditarem. onde foi parar os impostos pagos pela telexfree. agora q o nosso governo recebeu estes impostos a nossa lei quer nos ajudar bloqueando pagamentos e cadastramentos. porque não reformulem com a telex free ja que acham q a empresa esta em um esquema fraudulento, para nao prejudicar o povo novamente. estamos cansados de ver o final feliz para todos menos para o povo. este pais tem q parar mesmo e buscar nossos direitos . estão julgando povo como ignorante como sempre.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários