Crime

Presos suspeitos de matar policial Civil na Cohab

as ações criminosas eram realizadas na região da Cohab, Vila Vitória e Vila Brasil.

Uma investigação conjunta das Superintendências Estadual de Investigações Criminais (Seic) e de Polícia Civil da Capital (SPCC) resultou na elucidação do homicídio que vitimou o investigador Nilson Fonseca de Santana, 52 anos, ocorrido após o policial tentar impedir uma tentativa de assalto no Centro Comercial do bairro da Cohab, na última terça-feira (reveja). Izaque Ribeiro Silva, 22 anos, detido na última quarta-feira (24), é apontado como sendo o comparsa do adolescente que foi apreendido horas depois do crime.

Izaque, que é morador do bairro Juçatuba, São José de Ribamar, foi preso por equipes da Seic, no bairro Vila Vitória, no retorno do Tirirical, no momento em tentava embarcar em uma van para fugir da cidade. Em depoimento, ele confessou o crime e afirmou que morava em São Paulo e teria retornado para São Luís, porque teria ficado desempregado e estava sem dinheiro.

Segundo informações policiais, as ações criminosas eram realizadas na região da Cohab, Vila Vitória e Vila Brasil. O delegado da Seic, André Gossain, disse que o suspeito contou ainda que não sabia que a vítima era policial e que só houve o disparo porque a vítima teria reagido ao assalto.“Está descartada a hipótese de que o crime tenha sido motivado por vingança”, esclareceu o delegado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários