Crime

Pai diz que morte de Décio Sá têm relação com caso Fernanda Lages

"A Fernanda, mesmo que a gente achasse que não fazia nada de errado, gostava de sair e era uma pessoa da noite", diz Paulo Lages.

Do Portal AZ

Pai de Fernanda.

Pai de Fernanda.

Para a família da estudante Fernanda Lages, as mortes do fotógrafo e empresário Delson Castelo Branco e do jornalista maranhense Décio Sá têm relação direta com o assassinato da jovem, encontrada morta em um canteiro de obras na zona Leste de Teresina. A informação é do pai de Fernanda, Paulo Lages, em entrevista exclusiva ao Portal AZ.

“Sempre achei que houve relação, desde o dia que aquele rapaz [Delson Castelo] foi dado como desaparecido. Ele era uma pessoa da noite, tinha um site de relacionamento. A Fernanda, mesmo que a gente achasse que não fazia nada de errado, também gostava de sair e era uma pessoa da noite. Ela trabalhava, estudava, mas gostava de sair. São muitas histórias desencontradas sobre a morte dele, e tudo isso é muito suspeito. Eu acho que a morte daquele rapaz tem tudo a ver com a da Fernanda. Ele desapareceu poucos dias depois dela morrer. A morte dele foi muito misteriosa, o delegado fala logo que foi acidente. Como é que ele passou 30 dias lá sem ninguém saber o que aconteceu?”, indaga Paulo Lages.

Décio Sá foi assassinado com cinco tiros

Décio Sá foi assassinado com cinco tiros

Delson Castelo Branco desapareceu no dia 15 de outubro do ano passado. Um mês depois seu corpo foi localizado em um matagal próximo a ponte do bairro Tancredo Neves, na zona Sudeste de Teresina. Na época, a Polícia Civil, afirmou que o proprietário do site de baladas Galera Show havia morrido vítima de acidente. A morte do fotografo permanece um mistério. A promotora Clotildes Carvalho negou o pedido de arquivamento do inquérito. O Ministério Público acredita que pode haver ligação entre as mortes de Delson e Fernanda.

Em relação ao assassinato do jornalista Décio Sá, o pai de Fernanda diz acreditar que o repórter tenha morrido em decorrência de denúncias feitas contra políticos do Maranhão. Paulo Lages afirma que a morte de Décio pode ter sido influenciada pelo envolvimento de pessoas maranhenses com pessoas do Piauí.

“A gente acredita que há ligação [mortes de Décio] porque uma tia dela tem uma irmã que mora em São Luís e ela ia para lá. Esse sujeito [deputado maranhense acusado de envolvimento com garotas de programa no Piauí] é meio da noite. Ele é envolvido com o pessoal de Teresina. A morte desse rapaz {Décio} se deu não pela morte da Fernanda em si, mas por que ele disse que esse político tinha de coisas erradas aqui no Piauí”, afirma.

O jornalista Décio Sá foi assassinado com seis tiros disparados a queima roupa em um restaurante em São Luís. O crime ocorreu no final da noite do dia 23 de abril.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários