Crime

Polícia recaptura homem suspeito de seqüestro, ameaça e estupro contra sobrinha de sete anos

O acusado naquela oportunidade foi atuado em flagrante delito

Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar do município de Peri Mirim, com o apoio da Companhia de Operações Especiais, (COE), durante a noite desta última quinta feira, (03), resultou na recaptura de um estuprador acusado de ameaçar, sequestrar e estuprar sua própria sobrinha de apenas 7 anos de idade, num povoado próximo ao Lixão.

Gilson de Jesus Pereira França, de 26 anos, o “Gilson de Chico-Pega” natural de Peri Mirim, atualmente residente na Fazenda Bom Futuro, já havia sido preso pelo crime de estupro, no dia 25 de abril, mesmo dia em que teria ocorrido a violência sexual contra sua sobrinha.

Conforme informações da Polícia Civil, o acusado naquela oportunidade foi atuado em flagrante delito por ameaça, estupro de vulnerável e sequestro, e logo em seguida ficou a disposição da justiça no 1º Distrito Policial de Pinheiro.

De acordo com informações levantadas pela Polícia, na madrugada do dia 30, Gilson França teria fugido de uma das celas da Delegacia, cavando um buraco numa das partes da carceragem.

Investigações

Sobre as investigações realizadas pela Delegacia de Peri Mirim, as buscas duraram quatro dias, com diversas diligências no sentido de prender o homem. A Polícia trabalhava com algumas linhas de investigação, que apontavam que o suspeito agia com inteligência, além de ser um elemento de alta periculosidade.

Dando continuidade às investigações, as Polícias Civil e Militar obtiveram informações que o estuprador estava homiziado num povoado conhecido como Santana, onde foi montada campanas pelos policiais.

Ao ser localizado, Gilson França tentou reagir à prisão e foi alvejado com dois tiros na região das pernas.  Ao ser contido, o acusado foi levado para o Hospital Antenor Abreu na cidade de Pinheiro, onde será submetido a uma cirurgia para retirada das balas.

Depois da recuperação, será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará a disposição da justiça.

Na carreira criminal de Gilson de Jesus Pereira França, consta ainda um crime de estupro ocorrido há três anos, que já foi cumprido mediante a pena imposta pela Justiça. Agora, a Polícia investiga também um suposto caso de latrocínio cometido pelo acusado.

O Crime

Na época do crime de estupro, ele foi detido por uma guarnição da PM, após denúncias do pai da vítima que desconfiou das atitudes do irmão. Durante a tarde do dia 25 de abril por volta das 14hs, num local conhecido pelos moradores como Lixão, Gilson França, como informou em depoimento, chegou à casa da vitima e utilizou do artifício de comprar um objeto para a sobrinha.

No decorrer do ato delituoso, o acusado teria seqüestrado, ameaçado e estuprado a vítima até as 17hs do mesmo dia. Segundo a Polícia, o acusado teria cometido cinco relações sexuais com a menina durante esse período.

Ao perceber que a filha estava com alguns sintomas de que havia sido violentada, a mãe a levou imediatamente ao hospital de Pinheiro, onde ficou constatado o estupro. Segundo informações, a menina se submeteu a uma cirurgia de reconstrução de hímen.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários