Cidade

Prefeito de São Luís abandona VLT

O projeto não deu certo, mas os contratos sim, uma vez que são gastos valores altos para manter um VLT que não funciona.

 

Após o ex-prefeito de São Luís e atual deputado federal, João Castelo (PSDB), gastar cerca de R$ 7 milhões na compra de um VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) para tentar se reeleger a prefeito de São Luís (manobra que não deu certo), Edivaldo Holanda Júnior, atual gestor municipal, prometeu em campanha eleitoral que iria dar prosseguimento ao projeto, no entanto o que se observa é que não passam de mentiras torpes de campanha.

O prefeito de São Luís não cumpriu a promessa. Deixou o VLT ser corroído pelo tempo, salitre e pela ação de vândalos por mais de 3 anos ao lado do Terminal de Integração da Praia Grande.

A expansão da rota do Veículo permanece paralisada em seu canteiro de obras, onde antes haviam máquinas trabalhando, hoje não há sinal nem de operários.

Para tentar enganar a população ludovicenses, Holanda Júnior, no início de sua administração, pediu ao Instituto da Cidade, Pesquisa e Planejamento Urbano e Rural que contratasse a Fundação Bio­Rio para elaboração de estudos de viabilidade técnica e econômica para implantação do projeto no trecho Itaqui-­Bacanga. Contrato esse que custou ao cofres públicos de São Luís R$ 200 mil.

Além do gasto com o estudo de viabilidade, a Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT), também paga contrato de R$ 216 mil para guardar o VLT por 18 meses. O termo de cessão da Transnordestina Logística S.A mostra que para guardar o veículo foi feito aditivo a contrato já firmado com a gestão municipal.

O projeto não deu certo, mas os contratos sim, uma vez que são gastos valores altos para manter um VLT que não funciona. É notório que dinheiro público está sendo jogado pelo ralo, uma vez que a quantia poderia ser aplicada em áreas da saúde, educação e na melhoria trânsito e transportes da capital maranhense.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

8 comentários em “Prefeito de São Luís abandona VLT”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Joana

    Eita herança maldita essa que Caostelo deixou, uma obra feita nas coxas, sem qualquer projeto nem nada, deveriam era jogar esse elefante branco no quintal da casa dele.

  2. Fabiola Vargas

    O Prefeito Edivaldo ainda fez a boa ação de guardar, pois se fosse um eu, fazia Castelo devolver todo o dinheiro que ele gastou e levar o VLT dele pra onde ele quisesse, pena que nesse pais as leis não culpa quem erra e sim joga a culpa no próximo.

  3. Pedro

    Essa é a hora de cobrarmos emendas do Deputado João Castelo pra terminar o VLT que ele começou.

  4. Ricardo

    Se o VLT tivesse no Terminal ainda voces iriam falar, como ta guardado tu fala do mesmo jeito, o serviço precisa ser pago, infelizmente Edivaldo vai ter que arcar com o dinheiro do município esse golpe eleitoreiro de Castelo.

  5. TASSIO

    MEU IRMÃO COMO É QUE SE PODE FAZER UMA OBRA DESSA COM O GOVERNO FEDERAL FALIDO E AS PREFEITURAS DO BRASIL INTEIRO OPERANDO NO VERMELHO

  6. Janete

    Edivaldo não tem culpa por esta obra sem utilidade não está funcionando. Não vejo necessidade de um VLT em São Luís, sendo que aqui não tem estrutura para isso.Isso foi apenas uma ideia besta do ex-prefeito de São Luís.O certo é o atual prefeito não dar continuidade a essa obra.

  7. alyson

    O prefeito vem trabalhando muito bem cuidando de outras coisas que também beneficiam a população.

  8. Italo

    Tudo culpa do ex-prefeito João Castelo, por que tão lerdo mandou construir nem uma metade dos trilhos e não demorou muito o VLT chegou sem ter terminado a linha dos trilhos. Ai querem jogar tudo pro atual prefeito uma coisa sem nexo e sem cabimento jogar a culpa no atual prefeito.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários