Cidade

O possível alívio no transporte público

A aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 76/2014, que trata sobre o sistema de integração e bilhetagem do transporte público da capital maranhense, além da regulamentação das linhas de ônibus e modernização da frota, nos traz um certo alívio diante da situação precária em que se encontra o sistema de transporte coletivo em São Luís.

É uma esperança que alegra, não somente trabalhadores, mas comunidade ludovicense em geral. Pois, é notório o sofrimento da população que anda em ônibus super lotado. Além disso, os veículos são sucateados, antigos, chegam a oferecer riscos para a vida de quem anda dentro deles.

É uma situação constrangedora, humilhante, desgastante e estressante que gera revolta e indignação. Não é raro ouvir usuários reclamarem da demora na espera do coletivo e na falta de segurança que ronda todos os dias os passageiros. Em média, 3 ônibus são assaltados diariamente.

Outro ponto interessante destacar é a tarifa. Uma das mais caras do Nordeste. E a população é obrigada a pagar e aceitar esse absurdo. Para completar o descaso com todo esse cenário abusivo e inaceitável, o Prefeito Edivaldo Holanda Júnior excluiu o beneficio da passagem mais barata aos domingos e, ao invés de aumentar a frota, fez apenas trocar os ônibus que já não suportavam andar mais nas ruas esburacadas de São Luís, por outros novos.

Enquanto coletivos novos e decentes não chegam a capital maranhense, os ludovicenses continuam sofrendo com os ônibus “entupidos” e com a falta de gestão do atual administrador da cidade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “O possível alívio no transporte público”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. ELEITOR

    Os vereadores deveriam lançar um projeto para redução no preço da passagem de ônibus, já que no inicio da gestão de Holandinha as empresas de ônibus tiveram rum grande beneficio com a redução na alíquota do Imposto sobre Serviço – ISS. O presente foi tão bom que a alíquota que era de 5% passou para 1%. E os vereadores sabem dessa irregularidade e ficam calados. eles sabem também que a redução vai de encontro a Legalidade.
    O mais intrigante, é qual o interesse da irregularidade mantida pelo prefeito?

  2. Liliane

    A situação do transporte público de SLZ é complicada por dois motivos: anos de descaso por parte do poder público e por ganância dos empresários. Imaginem o trabalho que dá modernizar sistema, trocar frota de ônibus, regulamentar transportes alternativos, etc. Vamos ser compreensíveis e sensatos. Acho infernal andar de ônibus, mas nem por isso vou me tornar um ser irracional por conta disso! AAFFFF

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários