Cidade

Buraco na Via Expressa expõe irregularidades nas obras

O governador Flávio Dino se manifestou na manha desta segunda-feira (02), sobre o buraco que surgiu na Avenida Via Expressa, obra inaugurada as pressas pela ex-governadora Roseana Sarney.

Dino disse que vai cobrar das empresas responsáveis pela obra que cedeu parte do asfalto. As construtoras devem ser levadas na Justiça caso se recusem a concertar o o dano.

Uma das empresas que faturou milhões com a obra, a Edeconsil de Fernandão e a Marquise devem ser cobrada para reaver o planejamento da terraplanagem pela Secretaria de Infraestrutura do Estado. A obra foi orçada em 125 milhões e mesmo assim nunca teve 100 porcento de conclusão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários