Cidade

Escolas da rede municipal terão aulas extras para reajuste do calendário

Após a longa data da greve dos professores, a proposta de recomposição curricular elaborada para garantir o reajuste e integralidade do calendário foi prevista pelo Ministério da Educação (MEC) para a totalização de 200 dias letivos por anos para estudantes.

O calendário, do ano letivo de 2014 das escolas municipais, tem como previsão de encerramento no dia 4 de fevereiro e 21 de Março de 2015, onde a data tem uma margem de variação a respeito da quantidade de dias letivos a repor em cada escola.

As aulas serão administradas em sábados alternados para que haja o cumprimento de carga horária e conteúdos escolares determinado pela lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB).

Os alunos que pertencem a turma do 9° ano terão um acompanhamento diferenciado pela prefeitura para que seja garantida as condições de ingresso em escolas do ensino médio que, por fim, possuem um calendário escolar diferenciado.

O inicio do ano letivo seguinte tem como previsão de inicio nos períodos de 9 de março a 13 de abril, após as férias escolares.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários