Cidade

Greve ainda não foi confirmada, rodoviários aguardam resposta do prefeito

 

Rodoviários reunidos na tarde de ontem (9), com o prefeito e empresários (Foto: Maurício Alexandre)

Rodoviários reunidos na tarde de ontem (9), com o prefeito e empresários (Foto: Maurício Alexandre)

A greve dos rodoviários, prevista para ocorrer a meia-noite desta quarta-feira (11), depende de uma conversa entre os empresários do transporte coletivo e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC), marcada para esta terça-feira (10). A afirmação foi feita pelo representante do Sindicato dos Rodoviários do no Estado do Maranhão (STTREMA), Rodrigo Rodoviário.

Em entrevista nessa manhã, no programa Ponto Final, na rádio Mirante AM, Rodrigo Rodoviário comentou sobre a reunião na tarde dessa segunda-feira (9), no Palácio La Ravardiere, com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior e empresários do setor do transporte coletivo. Ele disse que o prefeito resolveu intervir para evitar transtornos aos usuários. Caso não o problema não seja anunciado, o sindicalista garantiu a greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira (11).

– Nós estamos aguardando a resposta do prefeito de São Luís que ficou de intermediar junto aos empresários para que eles cumpram o acordo celebrado com os trabalhadores. Estamos aguardando uma resposta até as 16h dessa terça-feira (10) (o horário limite estabelecido pela categoria). Se a resposta for negativa iremos decretar greve por tempo indeterminado. A estrutura de greve está pronta, a categoria está mobilizada – adiantou.

Reunião – Na conversa com empresários e trabalhadores, o prefeito Edivaldo Holanda disse que o Executivo Municipal está fazendo a sua parte.

– Temos feito nossa parte e chamamos aqui os empresários para que eles ajudem a cidade cumprindo o acordo celebrado com os trabalhadores. Graças a Deus, chegamos a um bom nível de entendimento e creio que não haverá paralisação – espera o prefeito.

Os dirigentes do Sindicato das Empresas de Transporte (SET) apresentaram um balanço mostrando as dificuldades do setor. Eles apresentaram também algumas propostas que podem melhorar os serviços sem que haja aumento no preço das tarifas.

– As propostas serão analisadas pela SMTT e ainda nesta semana vamos nos pronunciar sobre elas – declarou o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Na reunião os representantes do Sindicato dos Rodoviários fizeram um relato do acordo celebrado com os empresários e pediram o empenho do prefeito para que todas as cláusulas sejam cumpridas.

Os sindicalistas manifestaram disposição em dialogar para evitar a paralisação e agradeceram o empenho do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

– Mais uma vez estamos tendo o apoio do prefeito Edivaldo Holanda Júnior para que nossa categoria não precise ir à greve para assegurar seus direitos – destacou o presidente do Sindicato, Dorival Silva.

Os rodoviários querem que o pagamento do mes de agosto seja repassado com o valor conquistado pelos rodoviários, após acordo trabalhista.

Depredação – Na última sexta-feira (6), no Centro de São Luís, mais de 30 ônibus foram depredados na paralisação de motoristas. Quatro foram, ainda, incendiados por vândalos. Na Rua das Cajazeiras, no Centro, os ônibus foram se aglomerando desde as 15h30. Somente por volta das 20h, o trânsito começou a ser liberado. (Imirante)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Greve ainda não foi confirmada, rodoviários aguardam resposta do prefeito”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Pablo Lima

    Simbora prefeito, acorda meu filho!!

  2. Sem ônibus a partir da meia noite em São Luís | Folha do Município

    […] Greve ainda não foi confirmada, rodoviários aguardam resposta do prefeito […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários